UFC 216: Com atuação impecável, Werdum finaliza Harris e pede luta pelo cinturão

Werdum finaliza Harris de maneira rápida e voltar a entrar na briga por chance pelo cinturão; Kalindra é finalizada em sua estreia

Werdum finalizou Harris no primeiro round (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Werdum finalizou Harris no primeiro round (Foto: Reprodução/Facebook UFC)dum

Após trocar de adversário horas antes de seu combate, Fabrício Werdum, de maneira impecável, superou as adversidades, fez as pazes com a vitória e deixou a má fase no passado. Com uma atuação fulminante, o ex-campeão dos pesados deu um importante passo rumo a uma nova disputa de título ao finalizar Walt Harris, que substitui o lesionado Derrick Lewis, aos 1m05s do primeiro round da terceira luta do card principal do UFC 216, realizado na madrugada deste domingo (08), em Las Vegas (EUA). Com o triunfo, Werdum se recupera do revés recente diante de Alistair Overeem, em julho deste ano, enquanto ‘The Big Ticket’, que vinha de dois resultados positivos, perdeu a quinta em oito lutas na casa.

Veja Também

UFC 216: Johnson finaliza Borg, mantém o cinturão pela 11ª vez e quebra recorde de Anderson Silva
UFC 216: Poliana Botelho estreia com vitória; Thales Leites é dominado por Brad Tavares

“Estou muito feliz porque meu oponente mudou três horas antes, mas lutar é minha vida e quero mostrar a todos que sou o melhor do mundo. A luta contra o Overeem é passado. Stipe Miocic, venha pra cá, quero te enfrentar de novo e recuperar meu cinturão, tenho certeza que vou recuperá-lo”, declarou Werdum, ainda no octógono.

Embora importante, o resultado positivo ainda não garante a Werdum uma luta pelo cinturão dos pesados. Francis Ngannou e Overeem, que se enfrentam no UFC 218, em dezembro, também estão na briga pelo posto de próximo desafiante do campeão Stipe Miocic.

A luta 

O combate começou estudioso, mas Werdum logo fez o dever de casa e levou a luta para o solo, caindo na montada. De maneira muito técnica, logo foi para as costas, raspou e pegou o braço de Harris, que rapidamente bateu em desistência.

Mara Romero Borella atropela brasileira Kalindra Faria e finaliza no R1

Segunda estreante brasileira da noite, Kalindra Faria começou de maneira negativa sua trajetória no UFC. Contra a também debutante Mara Romero Borella, a paulista sequer teve chance de mostrar o seu jogo. Levada para o chão logo nos segundos inicias do duelo, ela foi facilmente envolvida pelo jogo de solo da italiana, que conquistou a vitória com uma finalização aos 2m52 do primeiro round. Essa foi a 12ª vitória da carreira de Mara, que decretou o sexto revés de Kalindra.

Logo no início do combate, Borella fez boa entrada de queda e levou a luta para o solo. Por cima, rapidamente passou a guarda e foi para a montada. Na tentativa de se defender, Kalindra acabou cedendo as costas para a italiana, que aproveitou a brecha e encaixou o esgana-galo Sem opção, a brasileira foi obrigada a dar os três tapinhas em desistência.

Beneil Dariush empata com Evan Dunham em combate movimentado 

Dariush e Dunham empataram na abertura do principal (Foto:Reprodução/InstagramUFCBrasil)

Dariush x Dunham terminou empatado (Foto:Reprodução/InstagramUFCBrasil)

Na primeira luta do card principal, os pesos leves Beneil Dariush e Evan Dunham protagonizaram o segundo empate do evento, após o combate entre Lando Vannata e Bobby Green também terminar em igualdade. Melhor no primeiro round, com direito a knockdown aplicado, Dariush sentiu o ritmo e acabou aceitando o jogo de Dunham, que terminou duelo melhor. O resultado quebra uma sequência de quatro vitórias seguidas de Evan, enquanto Dariush, que foi nocauteado por Edson Barboza em março passado, não consegue se recuperar na categoria.

UFC 216

CARD PRINCIPAL 

Peso leve: Tony Ferguson derrotou Kevin Lee por finalização (triângulo) aos 4m02s do R3

Peso mosca: Demetrious Johnson derrotou Ray Borg por finalização (chave de braço) aos 3m15 do R5

Peso pesado: Fabricio Werdum derrotou Walt Harris por finalização (chave de braço) aos 1m05 do R1

Peso mosca: Mara Romero Borella derrotou Kalindra Faria por finalização (esgana-galo) aos 2m52s do R1

Peso leve: Beneil Dariush empatou com Evan Dunham na decisão majoritária dos juízes (29×27, 28×28, 28×28)

CARD PRELIMINAR 

Peso galo: Cody Stamann derrotou Tom Duquesnoy por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 30×27)

Peso leve: Lando Vannatta empatou com Bobby Green na decisão dos juízes (29×27, 27×29, 28×28)

Peso palha: Poliana Botelho derrotou Pear Gonzales por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

Peso mosca: Matt Schnell derrotou Marco Beltrán por decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27)

Peso mosca: John Moraga derrotou Magomed Bibulatov por nocaute técnicos aos 1m38s do R1

Peso médio: Brad Tavares derrotou Thales Leites por decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26, 30×27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments