UFC 216: Johnson finaliza Borg, mantém o cinturão pela 11ª vez e quebra recorde de Anderson Silva

Johnson faz jus ao maior favoritismo da noite, finaliza Borg no R5 e bate o recorde de defesas de cinturão da organização

Johnson defendeu o cinturão pela 11ª seguida (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Johnson defendeu o cinturão pela 11ª seguida (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Não há mais dúvidas sobre quem é o maior campeão da história do Ultimate. Na madrugada deste domingo (08), em Las Vegas (EUA), na segunda luta mais importante do UFC 216, o peso mosca Demetrious Johnson, com mais uma atuação magnifica, cravou, definitivamente, seu nome na história do MMA ao finalizar Ray Borg aos 3m15s do quinto round, feito que lhe rendeu a 11ª defesa de cinturão consecutiva da divisão até 56kg, ultrapassando a lenda Anderson Silva, que manteve o título dos médios (até 84kg) por dez combates seguidos.

Veja Também

UFC 216: Em luta movimentada, Ferguson finaliza Lee e conquista o cinturão interino dos leves
UFC 216: Com atuação impecável, Werdum finaliza Harris e pede luta pelo cinturão
UFC 216: Poliana Botelho estreia com vitória; Thales Leites é dominado por Brad Tavares

“Não estou aqui para levar pancada, quero mostrar que posso dar um show, e foi isso que eu fiz”, declarou o campeão, na entrevista pós-luta.

Primeiro e único campeão da categoria dos moscas no Ultimate, Johnson chegou ao topo em 2012, quando derrotou Joseph Benavidez por decisão dividida. De lá pra cá, enfileirou nomes como John Dodson (duas vezes), Kyoji Horiguchi, Henry Cejudo e Wilson Reis, todos de maneira dominante. Aos 31 anos, soma 27 vitórias, duas derrotas e um empate em seu cartel profissional, mantendo uma invencibilidade que já dura seis anos (14 lutas). Borg, por sua vez, perdeu a terceira em oito lutas no franquia.

A Luta 

Como de costume, Johnson começou a luta se movimentando bastante, confundindo o adversário com chutes altos e baixos. Borg, no entanto, tentava pressionar o rival e buscou a queda, mas acabou não obteve sucesso. De maneira rápida, Demetrious girou e foi para as costas do desafiante, que puxou para a meia-guarda. Por cima, o campeão seguiu tendo controle posicional da luta até o gongo soar.

Borg voltou mais ativo para a segunda etapa, levando, após alguns momentos de insistência, a luta para o chão. Johnson tentou se levantar e cedeu as costas, contudo, o campeão, de maneira linda, rapidamente se desvencilhou da posição e caiu por cima. Demetrious tentou laçar o braço de Borg, que se defendeu de maneira correta e conseguiu ficar em pé novamente. O desafiante tentou encaixar uma guilhotina no rival, mas acabou caindo por baixo. Johnson seguiu controlando até o final do round.

Sem perder tempo, Borg foi para as pernas de Johnson, que se defendeu e ficou por cima. Trabalhando por cima na meia-guarda, o campeão seguiu dominando as ações, sem deixar o desafiante se levantar. DJ raspou, foi para a montada e rapidamente se colocou nas costas do rival, mas não conseguiu trabalhar. Nos segundos finais, Borg conseguiu se levantar e tentou encaixar uma guilhotina, sem sucesso.

Ciente da desvantagem, Borg retornou aplicando uma boa queda em Johnson, que rapidamente se levantou, girou e já caiu por cima do desafiante, com a ‘cana do braço’ no pescoço do rival. Borg, mais uma vez, conseguiu se levantar, porém foi pressionado contra a grade, sendo dominado pelo campeão, que voltou quedar e dominar no solo até o final do round.

Apesar da vantagem, Johnson voltou para a etapa decisiva tomando a iniciativa, levando a luta para o solo. Borg conseguiu se levantar e tentou, de novo, encaixar uma guilhotina, mas DJ se defendeu e caiu por cima. De maneira espetacular, Johnson encaixou uma linda chave de braço em Borg, que até tentou resistir, mas não teve opção a não ser dar os três tapinhas em desistência.

UFC 216

CARD PRINCIPAL 

Peso leve: Tony Ferguson derrotou Kevin Lee por finalização (triângulo) aos 4m02s do R3

Peso mosca: Demetrious Johnson derrotou Ray Borg por finalização (chave de braço) aos 3m15 do R5

Peso pesado: Fabricio Werdum derrotou Walt Harris por finalização (chave de braço) aos 1m05 do R1

Peso mosca: Mara Romero Borella derrotou Kalindra Faria por finalização (esgana-galo) aos 2m52s do R1

Peso leve: Beneil Dariush empatou com Evan Dunham na decisão majoritária dos juízes (29×27, 28×28, 28×28)

CARD PRELIMINAR 

Peso galo: Cody Stamann derrotou Tom Duquesnoy por decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 30×27)

Peso leve: Lando Vannatta empatou com Bobby Green na decisão dos juízes (29×27, 27×29, 28×28)

Peso palha: Poliana Botelho derrotou Pear Gonzales por decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

Peso mosca: Matt Schnell derrotou Marco Beltrán por decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27)

Peso mosca: John Moraga derrotou Magomed Bibulatov por nocaute técnicos aos 1m38s do R1

Peso médio: Brad Tavares derrotou Thales Leites por decisão unânime dos juízes (30×26, 30×26, 30×27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments