Dana White admite que UFC pode passar a promover lutas de boxe

Presidente da companhia se mostrou aberto à possibilidade após superluta entre McGregor e Mayweather

D. White falou sobre boxe no UFC (Foto: Reprodução Twitter ufcnews)

D. White falou sobre boxe no UFC (Foto: Reprodução Twitter ufcnews)

A superluta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather, disputada no último dia 26 de agosto nas regras do boxe, parece ter aberto a mente dos dirigentes do UFC. Dana White, presidente da organização, admitiu que um dia o Ultimate poderá passar a promover lutas de boxe junto com o MMA. Em entrevista ao podcast “The Unnamed Podvideocast” do “Wall Street Journal”, White disse que pensa em levar o UFC ao boxe, mas indicou que essa é uma possibilidade apenas para um futuro distante

Veja Também

Till estreia no ranking do UFC após nocaute sobre Cerrone
Velasquez detona Jones por doping: ‘Não queria perder?’
St. Pierre provoca Bisping: ‘Está com medo que eu use meu wrestling’

“Eu consigo nos ver trazendo o boxe para debaixo do nosso guarda-chuva, e ver o que poderíamos fazer com esse esporte. Posso ver isso acontecendo”, declarou o norte-americano.

Fã assumido da nobre arte, o dirigente revelou que, após a venda do Ultimate, havia sido procurado para passar a ser promotor de boxe, mas disse que preferiu permanecer no UFC.

“É isso que eu amo fazer. Tenho 48 anos. Acordo da cama pulando todo dia justamente para fazer o que faço. Eu amo trabalhar com Ari (Emanuel, CEO da WME-IMG, nova dona do UFC). Nos damos muito bem. Ele e Patrick, seu sócio, são muito bons. Não podia estar em melhor posição”, garantiu.

Recentemente, Dana White esteve envolvido nas negociações para superluta entre Mayweather e McGregor, junto à equipe de “Money”. O presidente foi elogiado por dirigentes da Mayweather Promotions por sua agressividade na hora de negociar. O UFC co-promoveu oficialmente a superluta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments