Gustafsson ainda considera Jon Jones como campeão meio-pesado

Norte-americano foi suspenso e teve título retirado após voltar a cair em teste antidoping após UFC 214

Gustafsson quer revanche com Jones (Reprodução/Facebook UFC)

Gustafsson quer revanche com Jones (Reprodução/Facebook UFC)

Mesmo fora do Ultimate por tempo indeterminado após cair em novo teste antidoping, Jon Jones recebeu o “apoio” de um rival. Para Alexander Gustafsson, o norte-americano segue como campeão meio-pesado do UFC, mesmo que tenha perdido o título após novo doping ser confirmado com a a análise da amostra B de seu teste. O sueco revelou que gostaria de lutar contra Daniel Cormier novamente pelo cinturão, mas reiterou que, em sua opinião, “Bones” ainda é o lutador a ser batido na divisão até 93 kg.

Veja Também

Cormier revela que Velasquez deve voltar em breve ao UFC
Técnico diz que St. Pierre pode voltar a se aposentar
Hunt dispara contra Werdum: ‘Está fugindo de mim, é um rato’

“Cormier tem o cinturão no momento. E é claro que eu quero enfrentá-lo. Eu quero aquele cinturão, certamente. Mas, para mim, o verdadeiro campeão é Jon Jones, claro, porque ele vinha destruindo todo mundo na divisão. Tudo que ele fez…Ninguém ainda fez, ninguém conseguiu fazer, então para mim ele é o verdadeiro campeão. Mas aceito Cormier como campeão também. Ele é uma boa pessoa, um ótimo campeão. E ele só perdeu para Jon Jones em sua carreira, então certamente ele tem material para ser campeão”, comentou Gustafsson, em entrevista ao programa norte-americano The MMA Hour.

O sueco já enfrentou os dois “campeões”, perdendo para Jon Jones no UFC 165, no que já foi descrita como a luta mais difícil da carreira de “Bones”, e depois sendo derrotado por Cormier no UFC 192. Em ambas as oportunidades, Gustafsson teve chances de vencer e a decisão foi apertada. As duas lutas também valeram o cinturão meio-pesado. Vindo de vitória sobre Glover Teixeira, “Mauler” ainda não tem um compromisso firmado para a próxima luta e deve esperar o vencedor de Cormier e Volkan Oezdemir, que ocorrerá no UFC 220.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments