Cormier admite que ainda tem pesadelos com derrota para Jones

Norte-americano declarou que precisa vencer Oezdemir no UFC 220 para se sentir como campeão novamente

Luta entre Cormier (esq) e Jones (dir) ficou sem resultado (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Luta entre Cormier (esq) e Jones (dir) ficou sem resultado (Foto: Reprodução/Facebook UFC)

Campeão novamente do peso meio-pesado graças ao doping de Jon Jones, Daniel Cormier admite que a derrota para o aquirrival ainda o abala. Apesar de o resultado ter sido transformado em no contest (luta sem resultado), DC conta o segundo duelo com “Bones” como uma derrota e declarou que ainda tem pesadelos sobre o duelo, que ocorreu no UFC 214, em julho deste ano.

Veja Também

Floyd Mayweather alega ter oferta bilionária para lutar no UFC
Dos Anjos promete ‘guerra’ contra Lawler e projeta cinturão em 2018
Hunt acerta luta com Blaydes e volta a criticar Werdum: ‘Covarde’

Em entrevista ao programa norte-americano The MMA Hour, Cormier declarou que precisa vencer Volkan Oezdemir para tirar o “fedor” da derrota para Jones. Os dois se enfrentam no UFC 220, que ocorre em janeiro.

“É como se um gambá tivesse feito xixi em mim. E eu estou fedendo não importa aonde eu esteja. Então preciso tomar um banho e tirar esse fedor. Até que eu faça isso, ao vencer Oezdemir, me sentirei mal. É assim que eu sou, cara. Sou um competidor. Eu sei que perdi aquela luta para Jon Jones. Não posso apagar essa memória. Ainda tenho pesadelos com aquela luta”, revelou DC.

O norte-americano ainda admitiu que se sente desconfortável em ser o campeão, pois considera que foi derrotado por Jones. Mas declarou que, se vencer Oezdemir, irá se sentir “de volta ao topo”.

“Meu pensamento não mudou. Eu estava lá no dia 29 de julho. E estava tudo indo tão bem até que não estava mais e eu fui derrotado. Esse desconforto ainda está comigo. Então preciso voltar ao octógono, enfrentar Volkan Oezdemir e vencer esse cara para me sentir no topo de novo”, declarou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments