Jimmie Rivera diz que Marlon rejeitou luta no peso pena para o UFC 219

Norte-americano reclamou da postura do brasileiro, que havia pedido limite maior de peso e depois retirou oferta

Marlon havia desafiado Rivera (Foto: João Vitor Xavier/Super Lutas)

O duelo entre Jimmie Rivera e Marlon Moraes não deve mais acontecer no UFC 219. Após John Lineker deixar a luta com o norte-americano, “Magic” se propôs a aceitar o combate, mas “nos seus termos”. Rivera revelou ter permitido que a luta acontecesse até no peso pena, visto que Marlon não teria tempo para cortar o peso até o limite dos galos, mas, segundo “El Terror”, nem isso fez com que o brasileiro aceitasse o duelo.

Veja Também

Rivera diz que aceita desafio de Marlon para o UFC 219
Cyborg sonha em seguir passos de McGregor e migrar para o boxe
Usman acusa falastrão Covington de fugir de luta: ‘Está com medo’

Após Rivera usar as redes sociais para “aceitar” o desafio, Marlon disse que só lutaria “nos seus próprios termos”, já que o norte-americano havia recusado enfrentá-lo em duas outras oportunidades.

“Peço desculpas aos meus fãs, amigos e familiares. Marlon Moraes não aceitou a luta no peso pena. Esses eram os seus “termos”, eu aceitei e, então, ele retirou a oferta. Vamos ser claros. Eu estou em Las Vegas pronto para lutar. Perdi o feriado de Ação de Graças, perdi o Natal e perdi minha própria lua de mel. Fui profissional. Cruz está fora. Lineker está fora e Marlon está cheio de m…”, reclamou Jimmie.

Após Rivera lamentar a recusa de Marlon Moraes, John Dodson também fez um desafio a ele. Ex-desafiante ao título peso mosca, “The Magician” já havia pedido para enfrentar Jimmie Rivera em outra oportunidade e disse estar pronto para lutar no UFC 219, que acontece no próximo sábado (30). “El Terror” não respondeu à oferta de Dodson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments