Jacaré vence Brunson com nocaute espetacular e encerra ‘seca’ do Brasil no UFC em 2018

Com um lindo chute na cabeça, faixa-preta de jiu-jitsu chegou a vitória por nocaute e se recolocou na disputa pelo cinturão dos médios

Jacaré vence Brunson no UFC Charlotte. Foto: Twitter / UFC

Foram necessárias 10 lutas e 28 dias para, enfim, o Brasil comemorar sua primeira vitória no Ultimate em 2018! E o triunfo veio em grande estilo com Ronaldo Jacaré. O brasileiro conseguiu um nocaute espetacular contra Derek Brunson com um chute na cabeça no primeiro round e se recolocou na briga pelo cinturão dos médios. O combate foi a atração principal do UFC Fight Night Charlotte, evento realizado na noite deste sábado (27), nos Estados Unidos.

Com o triunfo, Jacaré, terceiro colocado no ranking da divisão de médios, reencontra o caminho das vitórias e se recupera do revés diante de Robert Whittaker, em abril de 2017, além de uma série de lesões nos treinamentos após a perda no ano passado. Agora, o faixa-preta aguarda o vencedor da disputa entre Luke Rockhold e Yoel Romero, pelo cinturão interino, em busca da sonhada chance pelo título da categoria.

Veja Também

VÍDEO: Assista à vitória de Ronaldo Jacaré sobre Derek Brunson no UFC Charlotte
UFC Charlotte: Brasileiros perdem card preliminar e país segue sem vitórias em 2018
Cormier e Miocic fazem superluta de campeões por título de pesados no UFC 227

“Eu me sinto ótimo. Passei por duas cirurgias, oito meses atrás estava no hospital, minha esposa ia ao hospital todo dia me dar banho. Hoje é meu aniversário de casamento, Larissa, eu te amo!”, diz Ronaldo Jacaré, muito emocionado.

Apesar do triunfo de Jacaré, o evento não foi bom para os demais lutadores brasileiros. Atuando no card preliminar, Godofredo Pepey foi nocauteado por Mirsad Bektic, Juliana Lima foi dominada pela iraquiana Randa Markos, enquanto Joaquim Netto BJJ foi superado por Vinc Pinchel na decisão dos juízes.

A vitória de Jacaré

A tensão marcou início da disputa entre Jacaré e Brunson. Os lutadores esperam o melhor momento para atacar, sabendo do risco de contragolpe do adversário. O norte-americano tentou tomar a iniciativa, mas evitava se expor. Em uma das investidas de Brunson, Jacaré foi nas pernas do rival e tentou a queda, mas o norte-americano bateu no chão e se levantou rápido.

A vitória de Jacaré teve início aos três minutos de luta, quando ele disparou um lindo chute alto de direita que acertou em cheio a cabeça de Brunson. O norte americano caiu e tentou se levantar com ajuda da grade, enquanto o brasileiro caminhava em sua direção lentamente para acertar mais alguns socos e vencer por nocaute.

Resultados do UFC Charlotte:

Card principal

Peso médio: Ronaldo Jacaré derrotou Derek Brunson por nocaute a 3m50s do R1

Peso pena:  Andre Fili derrotou Dennis Bermudez na decisão dividida dos juízes (29-28, 27-30, 29-28)

Peso leve: Gregor Gillespie derrotou Jordan Rinaldi por nocaute técnico a 4m46s do R1

Peso leve: Drew Dober derrotou Frank Camacho na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Card preliminar

Peso leve: Bobby Green derrotou Erik Koch na decisão unânime dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: Mirsad Bektic derrotou Godofredo Pepey por nocaute técnico a 2m47s do R1

Peso mosca: Kaitilin Chookagian derrotou Mara Romero Borella na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso palha: Randa Markos derrotou Juliana Lima na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Ji Yeon Kim derrotou Justine Kish na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso leve: Vinc Pinchel derrotou Joaquim Netto BJJ na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio: Niko Price finalizou George Sullivan com um estrangulamento a 4m27s do R2

Peso pena: Cory Sandhagen derrotou Austin Arnett por nocaute técnico a 3m48s do R2

Notícias relacionadas