Cyborg explica luta no UFC 222 e manda recado para Amanda Nunes | SUPER LUTAS

Cyborg explica luta no UFC 222 e manda recado para Amanda Nunes

Brasileira aceitou enfrentar a russa Yana Kunitskaya com menos de um mês de preparação, mas não descartou luta contra Amanda Nunes

C. Cyborg explica por aceitou luta no UFC 222 (Foto: Reprodução Facebook UFC)

Cris Cyborg aceitou o pedido do Ultimate e com menos de 30 dias de preparação será a principal estrela do UFC 222, evento que acontece dia 3 de março, em Las Vegas (EUA). Especulada a fazer a superluta de campeãs contra a compatriota Amanda Nunes, a paranaense explicou os motivos que a fizeram aceitar encarar a russa Yana Kunitskaya no próximo mês.

Veja Também

Através de uma publicação no Instagram Stories, Cris revelou que por estar com treinando em dia, aceitou o pedido do UFC para ‘salvar o evento’ de março. Além disso, ela sugeriu que Amanda Nunes fizesse mais uma luta contra Cat Zingano ou Ketlen Vieira, antes de desafiá-la no segundo semestre.

“O Max Holloway teve uma lesão, o UFC 222 estava precisando e eu estou sempre treinando. Pensei por que não? Nos vemos em Vegas.,,”, escreveu Cyborg que completou mandando o recado para a rival. “Amanda não se preocupe tem atletas na fila para lutar com você: Cat Zingano e Ketlen Vieira! A luta que você quer tanto continua de pé para julho”, disparou.

UFC 222

A luta principal do UFC 222 seria a disputa do cinturão dos penas masculino entre Max Holloway e Frankie Edgar, mas o campeão se lesionou durante os treinamentos e desfalcou o show em cima da hora. Com isso, Cyborg, que era especulada para enfrentar Amanda Nunes no UFC 224, em maio, no Rio de Janeiro, aceitou o desafio e colocará o titulo dos penas feminino em jogo no show.