Mark Hunt diz que não renovará com UFC, mas descarta aposentadoria

Veterano peso pesado, de 42 anos, revelou que quer fazer mais três lutas antes de penduras as luvas

M. Hunt anuncia que não renovará com UFC (Foto: Reprodução Facebook MarkHunt)

O combate diante de Curtis Blaydes, no UFC 221, foi a último de Mark Hunt no octógono. O veterano peso pesado anunciou que não irá renovar seu contrato com o Ultimate. Mas apesar dos 42 anos de idade sendo 14 dedicados ao MMA, ele não pensa em penduras as luvas.

Veja Também

Rafael dos Anjos sugere superluta entre Woodley e Justin Bieber
Weidman ignora Romero e pede luta por cinturão contra Whittaker

“Eu gostaria de lutar em outra organização mais três vezes e me aposentar. Pendurar as luvas. Quero ir lá, na minha melhor forma e competir. Sinto que posso competir com esses jovens, mesmo eles tendo metade da minha idade”, afirmou Hunt, ao site norte-americano MMA Junkie.

Hunt também comentou a relação desgastada com o UFC. O lutador lembrou que está processando a organização devido ao doping de Brock Lesnar, seu rival no UFC 200 Segundo ele, o UFC fez vistas grossas a irregularidade do adversário.

“Sou lembrado todos os dias que sou o lutador mais velho do universo. Tinha três lutas sobrando com o UFC porque não tive uma boa conversa com eles quando muitas coisas aconteceram. Todos sabem que estou processando o UFC. Eles me chamaram de mesquinho. Sobrevivi a era PRIDE (extinto evento japonês, com grandes eventos no início do século), quando todos se dopavam. Estou aqui agora e eles estão tentando me ignorar”, completou Hunt.

Mark Hunt fez sua carreira no kickboxing e chegou a ser campeão do K-1 Heros, tradicional evento japonês de luta em pé. O ‘Super Samoano’ estreou no MMA em 2004 e somou um histórico de 13 vitórias, 12 derrotas, um empate e uma luta sem resultado

Notícias relacionadas