Com três brasileiros, UFC desembarca em Austin neste domingo

Francisco Massaranduba, Thiago Pitbull e Carlos Diego Ferreira representamo Brasil no octógono; Donald Cerrone e Yancy Medeiros protagonizam luta principal

Massara, Carlos Diego e Pitbull representam o Brasil no UFC Austin. Foto: Montagem SL

Domingo também é dia de UFC. A maior organização de MMA do mundo, que tradicionalmente realiza seus eventos aos sábados, desembarca no Texas (EUA) em um dia pouco habitual para os fãs de lutas. O UFC Fight Night Austin traz 12 combates em seu programa com três brasileiros em ação: no card principal, Francisco Massaranduba encara James Vick, enquanto Thiago Pitbull terá pela frente Curtis Millender. Já no preliminar, Carlos Diego Ferreira enfrenta Jared Gordon.

Na luta principal da noite, os meio-médios Donald Cerrone e Yancy Medeiros duelam para tentar se aproximar do top-5 da categoria.

Massaranduba encara Vick de olho no top-10

Veja Também

‘Cowboy’ Cerrone ganha chapéu de Medeiros em pesagem do UFC Austin
Vitor Belfort e Lyoto Machida fazem duelo brasileiro no UFC 224, no Rio

De olho no top-10 da divisão de leves, Francisco Massaranduba terá um grande desafio pela frente no UFC Austin. O brasileiro encara o gigante James Vick, de 1,90m de altura, 17 cm mais alto que o paraibano. Mas, além da diferença de altura, Massara precisará de atenção para vencer o norte-americano, já que os dois chegam para o confronto embalados por oito vitórias em suas nove últimas lutas.

A sequência do brasileiro, 14º no ranking do peso leve, começou em setembro de 2014. Desde então, sua única derrota foi para Kevin Lee – que seis meses depois estava disputando o cinturão interino da categoria. E, em caso de vitória, Massara pode chegar no ao top-10 da divisão.

Vick, 12º no ranking da divisão de leves, tem um cartel de 12 vitórias e apenas uma derrota como profissional. Em sua carreira no UFC, ele venceu oito lutas e só perdeu para Beneil Dariush. O norte-americano, que luta em casa, já que nasceu no Texas, vem de três vitórias consecutivas com dois nocautes técnicos e uma finalização.

Pitbull busca manter recuperação contra Millender

O brasileiro Thiago Pitbull chegou ao topo da divisão de meio-médios no UFC 100, em 2009, quando disputou o cinturão da categoria contra Georges St. Pierre. Após 25 minutos, ele não suportou o jogo de quedas do rival e ficou sem o tão sonhado título. Desde então, a carreira do cearense passou por altos e baixos. Ele somou cinco vitórias, cinco derrotas, várias lesões e alguns problemas com o corte de peso. Mas, após vencer Patrick Cote em sua última luta, o brasileiro espera não deixar o ritmo cair diante do estreante Curtis Millender.

Pitbull, que não está no top-15 dos meio-médios, precisa do triunfo, para entrar entrar no ranking da categoria.

Cerrone x Medeiros momentos opostos na luta principal

A luta principal do UFC Austin promete muita emoção. Donald Cerrone e Yancy Medeiros são atletas conhecidos por proporcionarem duelos eletrizantes. Mas, dentro do octógono, os atletas vivem momentos distintos.

Ex-desafiante ao cinturão dos leves, Donald Cerrone vive um momento complicado na carreira. O ‘Cowboy’ subiu a divisão de meio-médios com grande expectativa e chegou a ficar próximo do título, mas o jogo virou e ele acumula uma série de três derrotas seguidas. Vivendo um momento oposto ao do adversário, Yancy Medeiros venceu as três lutas que fez desde que retornou para a divisão dos meio-médios.

Ficha técnica do UFC Austin

DATA: 18/02/2018

HORÁRIO: 20h

COMO ASSISTIR: Canal Combate

CARD PRINCIPAL (a partir das 23h):

Meio-médios (até 77,1 kg): Donald Cerrone x Yancy Medeiros;

Pesados (até 120 kg): Derrick Lewis x Marcin Tybura;

Leves (até 70,3 kg): James Vick x Francisco Massaranduba;

Meio-médios (até 77,1 kg): Thiago Pitbull x Curtis Millender

Penas (até 65,7 kg): Steven Peterson x Brandon Davis

Leves: Sage Northcutt x Thibault Gouti

CARD PRELIMINAR (a partir das 20h)

Leves (até 70,3 kg): Jared Gordon x Carlos Diego Ferreira

Meio-médio (até 77,1 kg): Geoff Neal x Brian Camozzi

Moscas (até 55,7 kg): Roberto Sanchez x Joby Sanchez

Galos (até 61,2 kg): Sarah Moras x Lucie Pudilova

Meio-médios (até 77,1kg): Joshua Burkman x Alex Morono

Médios (até 84,0 kg): Oskar Piechota x Tim Williams

Notícias relacionadas