Massaranduba e Pitbull são derrotados no card principal do UFC Austin

Massara perdeu para James Vick na decisão, enquanto Thiago Pitbull foi nocauteado por Curtis Millender

Vick (esq.) usou envergadura para vencer Massara. Foto: Reprodução / Twitter / UFC Brasil

O card principal do UFC Austin, evento realizado na noite deste domingo (18), não trará boas recordações para os atletas brasileiros. Após a vitória de Carlos Diego Ferreira no programa preliminar, Thiago Pitbull e Francisco Massaranduba foram derrotados por Curtis Millender e James Vick, respectivamente, na sessão principal.

Na luta principal da noite, Donald Cerrone se recuperou de uma sequência de três derrotas seguidas e derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico no primeiro round e se tornou o atleta com o maior número de vitórias no octógono.

Massaranduba sofre com altura e perde para Vick

Veja Também

UFC Austin: Cerrone espanta má fase, derrota Medeiros e iguala recorde do evento
Após dois anos afastado, Carlos Diego Ferreira volta com nocaute avassalador no UFC Austin

Francisco Massaranduba e James Vick duelaram no UFC Austin de olho no top-10 do peso leve. E, como era de se esperar, o equilíbrio marcou a disputa desde o principio. Mas o norte-americano fez valer sua maior envergadura para levar a disputa na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

O duelo de estratégias ficou claro logo no início da disputa. Mais alto, Vick tentava manter a luta em pé, enquanto Massara buscava derrubar o rival e trabalhar no solo. O norte-americano evitou as primeiras tentativas de queda do brasileiro e acertava mais golpes na luta em pé. Na metade da parcial, quando o piauense disparou um overhand, Vick conectou o contragolpe em cheio e Massaranduba, que caiu. O norte-americano foi para cima no solo, mas o Francisco conseguiu se recuperar e ainda encaixou uma justa guilhotina. James ficou perto de ser finalizado, mas escapou do estrangulamento nos instantes finais.

No segundo round, Massaranduba tentou trocar socos com o rival, mas com maior envergadura Vick conectava os melhores ataques. O brasileiro chegou a derrubar o norte-americano, que se levantou rapidamente. Com a luta no centro do cage, James mantinha a disputa na média distância e conectava mais socos, que mesmo sem contundência, eram importantes na soma de pontos.

Atrás na papeletas dos juízes, Massaranduba voltou a disposto a virar a disputa no terceiro assalto. O brasileiro caminhou para frente, e, apesar da dificuldade em entrar no raio de ação do rival, acertava os melhores socos. Por outro lado, Vick trabalhou bem nas esquivas para evitar de ser derrubado e administrou a vantagem conseguida nas parciais anteriores.

Pitbull não se encontra e perde para estreante

Conhecido por sua habilidade na luta em pé, Thiago Pitbull chegou a disputar o cinturão dos meio-médios com vários nocautes. Mas no UFC Austin, o cearense não se encontrou em sua especialidade diante de Curtis Millender. Com maior envergadura, o norte-americano trabalhou melhor a distância, combinou bons golpes e evitou todas as tentativas do brasileiro encurtar a distância. A vitória veio por nocaute no segundo round, com uma bela joelhada de encontro.

O primeiro bom momento de Millender aconteceu logo no início da disputa: ele combinou jab com um upper, que derrubou Pitbull. O norte-americano chegou a comemorar a vitória, mas ao ver que o árbitro deixou a disputa seguir. Curtis ainda acertou bons socos no brasileiro no chão, mas Thiago mostrou valentia, conseguiu levantar e sobreviveu ao castigo

No segundo round, mesmo recuperado dos golpes sofridos na parcial anterior, Thiago Pitbull não conseguia golpear o rival. Por sua vez, Millender se movimentava e conectava os melhores ataques. No final da parcial, o norte-americano soltou uma joelhada de encontro. O golpe pegou em cheio na cabeça de Thiago que foi ao solo, já nocauteado.

“Eu vou sempre para o ataque, e não importa o que você trouxer para o octógono, eu vou contra-atacar. Estou aqui para lutar contra qualquer um”, disse Millender

Resultados do UFC Austin

CARD PRINCIPAL (a partir das 23h):

Meio-médios (até 77,1 kg): Donald Cerrone derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico a 4m58s do R1;

Pesados (até 120 kg): Derrick Lewis derrotou Marcin Tybura por nocaute a 2m48s do R2;

Leves (até 70,3 kg): James Vick derrotou Francisco Massaranduba na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Meio-médios (até 77,1 kg): Curtis Millender derrotou Thiago Pitbull por nocaute a 4m17s do R2

Penas (até 65,7 kg): Brandon Davis derrotou Steven Peterson na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-26)

Leves: Sage Northcutt derrotou Thibault Gouti na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR (a partir das 20h)

Leves (até 70,3 kg): Carlos Diego Ferreira derrotou Jared Gordon por nocaute a 1m58 do R1

Meio-médio (até 77,1 kg): Geoff Neal finalizou Brian Camozzi com um mata-leão a 2m:48s do R1

Moscas (até 55,7 kg): Roberto Sanchez finalizou Joby Sanchez com um mata-leão a 1m50s do R1

Galos (até 61,2 kg): Lucie Pudilova derrotou Sarah Moras na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-27)

Meio-médios (até 77,1kg): Alex Morono finalizou Joshua Burkman com uma guilhotina a 2m12s do R1

Médios (até 84,0 kg): Oskar Piechota derrotou Tim Williams por nocaute técnico a 1m54s do R1