UFC Austin: Cerrone espanta má fase, derrota Medeiros e iguala recorde do evento

Com belo nocaute no final do primeiro round, o 'Cowboy' se tornou o atleta com mais vitórias na história do UFC

Cerrone (dir.) bateu Medeiros na luta principal. Foto: Reprodução / Twitter / UFC

Ele está de volta! Donald Cerrone espantou a má fase e reencontrou o caminho das vitórias em grande estilo. Na luta principal do UFC Austin, evento realizado na noite deste domingo (18), o norte-americano nocauteou o havaiano Yancy Medeiros no primeiro round, deixou para trás as três derrotas em série e ainda atingiu uma marca histórica. O ‘Cowboy’ se tornou o atleta com mais vitórias no UFC (ao lado de Michael Bisping e Georges St. Pierre).

O programa de lutas do UFC Austin trouxe ainda três brasileiros em ação: no card preliminar, Carlos Diego Ferreira derrotou Jared Gordon. No programa principal, Francisco Massaranduba e Thiago Pitbull foram superados por James Vick e Curtis Millender, respetivamente.

Veja Também

Massaranduba e Pitbull são derrotados no card principal do UFC Austin
Após dois anos afastado, Carlos Diego Ferreira volta com nocaute avassalador no UFC Austin

A luta

O combate entre Cerrone e Medeiros entregou o que prometia: uma troca franca de golpes. O havaiano tomou a iniciativa no início da luta, mas um rápido contragolpe de Cowboy derrubou Medeiros, que se levantou rápido. O combate continuava aberto com bons ataques para ambos os lados. Mas no final da parcial, Cerrone chegou a vitória. Ele acertou uma combinação de jab e direto que fizeram Yancy cair. Sentindo o bom momento, Donald conectou mais três golpes no solo e chegou ao nocaute técnico a 4m58s de luta.

“Eu não posso reclamar de nada. Venci a luta por nocaute e ainda ganhei um beijo da minha avó. Foi muito legal. Eu sabia que o round estava acabando, e tentei acabar com a luta. Agora eu empatei o maior número de vitórias da história do UFC. Quando quiserem que eu lute e bata esse recorde, basta me ligar e dizer para onde eu devo”, afirmou Cerrone.

Resultados do UFC Austin

CARD PRINCIPAL (a partir das 23h):

Meio-médios (até 77,1 kg): Donald Cerrone derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico a 4m58s do R1;

Pesados (até 120 kg): Derrick Lewis derrotou Marcin Tybura por nocaute a 2m48s do R2;

Leves (até 70,3 kg): James Vick derrotou Francisco Massaranduba na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Meio-médios (até 77,1 kg): Curtis Millender derrotou Thiago Pitbull por nocaute a 4m17s do R2

Penas (até 65,7 kg): Brandon Davis derrotou Steven Peterson na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-26)

Leves: Sage Northcutt derrotou Thibault Gouti na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR (a partir das 20h)

Leves (até 70,3 kg): Carlos Diego Ferreira derrotou Jared Gordon por nocaute a 1m58 do R1

Meio-médio (até 77,1 kg): Geoff Neal finalizou Brian Camozzi com um mata-leão a 2m:48s do R1

Moscas (até 55,7 kg): Roberto Sanchez finalizou Joby Sanchez com um mata-leão a 1m50s do R1

Galos (até 61,2 kg): Lucie Pudilova derrotou Sarah Moras na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-27)

Meio-médios (até 77,1kg): Alex Morono finalizou Joshua Burkman com uma guilhotina a 2m12s do R1

Médios (até 84,0 kg): Oskar Piechota derrotou Tim Williams por nocaute técnico a 1m54s do R1

Notícias relacionadas