Jéssica Bate-Estaca pede chance no UFC Rio antes de luta pelo cinturão

Jéssica pede por luta no UFC 224, no Rio de Janeiro, antes de disputa pelo cinturão peso palha

Jéssica pede luta no UF 224, no Rio. Foto: Reprodução / Facebook UFC

Jéssica Bate-Estaca está próxima de uma nova chance pelo cinturão do Ultimate. Após derrotar Tecia Torres no UFC Orlando, realizado no último sábado (24), ela deve ser a próxima desafiante ao reinado na divisão de palhas (até 52,1 kg). Porém, apesar do combate pelo título estar praticamente certo, a brasileira não descarta subir no octógono por um motivo especial: lutar em casa. O evento desembarca no Rio de Janeiro, no dia 12 de maio e a paranaense não esconde o desejo de atuar diante de sua torcida.

Veja Também

Amanda Nunes defende cinturão contra Raquel Pennington no UFC 224, no Rio
Dana White publica foto com Brock Lesnar e aumenta rumores sobre volta do ex-campeão
Vídeo: Em assinatura de contrato com WWE, Ronda arremessa astro contra a mesa

”Até hoje na minha carreira toda, eu só fiz duas lutas no Brasil pelo UFC e já estou sentido falta. Mas faz parte. Vamos ver o que vai acontecer. Com a vitória, com certeza vou pedir para lutar no Rio”, afirmou Jéssica, em entrevista ao Estadão.

Apesar da vontade de lutar em sua terra, a paranaense sabe que isso não é um desejo simples “Tudo o que eu queria era lutar no Rio, mas não como vai ser, se a organização vai querer. Se tudo der certo eu vou disputar o cinturão, só não sei se será agora ou vou ter outra luta antes. Eles são muito imprevisíveis”

Questionada sobre o tempo curto de preparação para a luta, Jéssica respondeu que este não seria um problema para ela, pois estaria acostumada com a rotina de treinamento e que na verdade, só esperaria a definição da adversária.

Bate-Estaca vem de duas vitórias consecutivas na franquia e tenta ter uma nova chance pelo cinturão do UFC. Em maio de 2017, ela foi superada pela Joanna Jedrzejczyk e desperdiçou sua primeira oportunidade.

Notícias relacionadas