Canelo Alvarez recebe seis meses de suspensão por caso de doping

Lutador testou positivo para a substância Clenbuterol e já poderá voltar a atuar em agosto de 2018

Alvarez é suspenso por seis meses pela NAC. Foto: Reprodução / Instagram @canelo

O boxeador Canelo Alvarez foi julgado nesta quarta-feira (18) na Comissão Atlética de Nevada (NAC), pelo doping que o tirou da disputa contra Gennady Golovkin. O lutador escapou de um gancho mais pesado e foi suspenso por seis meses pela entidade. O lutador havia sido pego, em fevereiro, com a sustância Clenbuterol, usada  em medicamentos para pessoas com problemas respiratórios. Porém, a mesma droga é proibida, pois ajuda no processo de corte de peso dos atletas.

Veja Também

Ronda Rousey é acusada de plagiar personagem na WWE
Recuperado de lesão, Paulo Borrachinha encara o ‘Homem Ambulância’ no UFC 226
‘Serei melhor que a Ronda’, afirma Luana Pinheiro após a vitória no Brave
Na audiência, realizada em Las Vegas, a NAC divulgou a pena curta chegou após o acordo entre os advogados do lutador e Bob Bennett, diretor-executivo da comissão. A defesa negou que Alvarez tenha feito a ingestão do Clenbuterol de forma consciente e que a alteração no teste foi devido a contaminação de carnes do México. De acordo com a  Agência Mundial Antidoping (WADA), a contaminação de carnes realmente acontece em terras mexicanas.Com isso, o atleta foi suspenso por apenas 180 dias. Com o gancho, Canelo Alvarez será capaz de competir novamente em agosto, já que foi suspenso preventivamente em fevereiro deste ano.  Além da suspensão, o lutador terá que passar por testes de drogas antes de sua próxima luta em Nevada. Canelo Álvarez é o atual campeão médio-ligeiro da Organização Mundial de Boxe. Seu último combate ele empatou justamente com Gennady Golovkin e manteve seu cinturão.

Golovkin com novo adversário

Com a saída de Canelo Alvarez do combate no próximo mês, Gennady Golovkin tem novo adversário. Ele enfrentará Vanes Martirosyan dia 5 de maio no StubHub Center, em Carson, Califórnia (EUA).

Notícias relacionadas