Darren Till vence Stephen Thompson e faz a festa da torcida no UFC Liverpool

Lutador inglês travou uma luta dura e venceu o primeiro colocado do ranking dos meio-médios; Resultado coloca Till perto do cinturão

Till comemora vitória no UFC Liverpool. Foto: Reprodução / Twitter / UFCBrasil

Nada como um dia após o outro. Se parte da cidade de Liverpool sentiu a derrota da equipe de futebol na final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, neste domingo (27) a ‘Terra dos Beatles’ pode comemorar a vitória de seu filho no UFC Fight Night Liverpool. O inglês Darren Till travou uma luta disputada contra Stephen Thompson, primeiro colocado no ranking dos meio-médios (até 77,1kg.), e ao final de 25 minutos de peleja venceu na decisão unânime dos juízes (49×46, 48×47, 49×46).

Veja Também

UFC Liverpool: Cláudio Hannibal supera tempo afastado e finaliza segurança de Neymar
Vídeo: Assista à finalização de Cláudio Hannibal sobre o segurança de Neymar no UFC Liverpool

Com o resultado, Till, oitavo colocado no ranking, deve subir bastante na classificação do peso e ficar próximo da chance pelo cinturão. Por sua vez, Thompson perdeu pela terceira vez na carreira, além de ter 14 triunfos e um empate.

O Brasil contou com apenas um representante no show. Cláudio Hannibal superou o período de quatro anos afastado do octógono por lesão e finalizou o franco-canadense Nordine Taleb, que ficou conhecido por ser segurança do jogador Neymar em Paris.

Till vence Thompson

O combate entre Darren Till e Stephen Thompson foi uma guerra de nervos. Os atletas seguiram a risca suas estratégias e abriram pouco espaço para a disputa franca. O norte-americano, especialista em contragolpes, esperava as investidas do inglês para acertar o rival com chutes na média distância. Apesar de leve superioridade, nenhum golpe de Stephen foi contundente.

No segundo assalto, Till tomou mais iniciativa. Ele pressionou Thompson contra as grades para travar a boa movimentação do rival. Apesar de não conseguia encaixar uma combinação de golpes, Darren era sempre perigoso com socos de esquerda. O inglês ainda acertou alguns pisões na perna, que levantaram a torcida local.

A luta equilibrada seguiu no terceiro round. O inglês dominava o centro do octógono, mas Thompson era preciso nos contragolpes. O norte-americano conectou ainda um direto de encontro em Till no primeiro momento da parcial.

No quarto assalto, Till insistia continuou pressionando Thompson, mas sem se expor com muitos golpes. Ele insistiu com chutes nas pernas, enquanto o norte-americano já não respondia no contragolpe com a precisão anterior. Darren tentou uma pressão nos segundos finais, mas Stephen não sentiu os ataques.

Com a luta totalmente indefinida, o quinto round foi marcado pela tensão no octógono. Till, empurrado pela torcida, foi pra cima e colocou o rival, novamente, contra as grades. Ele combinou jabs com uma bomba de esquerda e levou o adversário a knockdown. O dono da casa foi pra cima, mas tentou dominar as costas e deixou espaço para Thomson se levantar. Com dificuldades em pé, o norte-americano ainda conseguiu uma queda, mas sem manter o rival de costas no solo. O gongo soou e os atletas se abraçaram no centro do cage aplaudidos pela torcida.

RESULTADOS UFC LIVERPOOL

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Darren Till derrotou Stephen Thompson na decisão unânime dos juízes (48×47, 49×46, 49×46)

Peso meio-médio: Neil Magny derrotou Craig White por nocaute técnico a 4m32s do R1

Peso pena: Arnold Allen finalizou Mads Burnell com estrangulamento a 2m41s do R3

Peso pena: Makwan Amirkhani derrotou Jason Knight na decisão dividida dos juízes (29×28, 27×30, 29-28)

Peso meio-médio: Cláudio Hannibal finalizou Nordine Taleb com um mata-leão 4m31s do R1

Peso médio: Darren Stewart derrotou Eric Spicely por nocaute técnico a 1m47s do R2

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Tom Breese derrotou Daniel Kelly por nocaute técnico a 3m33s do R1

Peso galo: Lina Lansberg derrotou Gina Mazany na decisão unânime dos juízes

Peso meio-médio: Carlo Pedersoli derrotou Brad Scott na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Peso mosca: Gillian Robertson finalizou Molly McCann com um mata-leão a 2m05s do R2

Peso médio: Elias Theodorou derrotou Trevor Smith na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments