Dana White nega oferta de 500 milhões de dólares ao boxeador Anthony Joshua

Apesar de desmentir o contrato, White afirmou seu interesse no atleta que pode fazer para do UFC no futuro

A. Joshua iniciou no boxe em em 2009 e tem 21 lutas no cartel e 21 vitórias. (Foto: Reprodução/Instagram anthony_joshua

No início deste ano foi especulado que o presidente do UFC Dana White estaria em contato com o campeão dos pesos pesados ​​de boxe, Anthony Joshua. Segundo informações, Dana White teria oferecido 500 milhões de dólares pelo boxeador. Durante coletiva de imprensa pós-luta no UFC Liverpool, o presidente do UFC negou a oferta por Anthony.

“Nunca fiz uma oferta para ele. Nós deveríamos nos encontrar. Nós nunca nos conhecemos, nunca conversamos sobre dinheiro, nunca fizemos nada”, respondeu Dana.

Veja Também

Júnior Cigano pretende desafiar campeão de boxe Anthony Joshua
Anthony Joshua vence Joseph Parker e conquista cinturão da WBO

Apesar de negar a oferta, White não negou o interesse no atleta. Sua intenção era trabalhar com seu empresário, Eddie Hearn e não ‘roubar’ Anthony. “Isso nem é o tipo de acordo que eu estava procurando estruturar. Porque quando conversamos, [Joshua] me disse que ficaria com Eddie Hearn. Ele nunca iria se livrar de Eddie Hearn, e esse nunca foi o plano. Nunca foi como se eu estivesse tentando entrar e roubá-lo de Hearn”, explicou.

Dana White quer que Joshua seja um grande atleta nos Estados Unidos. “O acordo foi que eu senti que poderíamos adicionar muito valor a eles nos Estados Unidos. Então poderíamos fazer algum tipo de acordo nos EUA. Ele é grande na Inglaterra, todo mundo sabe quem ele é na Inglaterra. E eu tenho a máquina para torná-lo grande nos Estados Unidos. Esse foi o plano”, concluiu.

Anthony Joshua também tem interesse de trabalhar com o UFC, a até em mudar do boxe para competir nas artes marciais mistas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário