UFC 225: Claudinha Gadelha e Charles do Bronx dão show em card preliminar estrelado

Charles do Bronx finalizou Clay Guida no primeiro round, enquanto, Claudia Gadelha venceu Carla Esparza na decisão

C. do Bronx surpreendeu C. Guida com uma guilhotina aos 2m18s do R1. Foto: Facebook UFC

Com um card preliminar repleto de grandes nomes, o UFC 225 deste sábado (09) começou de forma espetacular para os lutadores brasileiros. Charles ‘do Bronx e Claudia Gadelha mostraram sua superioridade e venceram seus adversários. O lutador paulista mostrou toda sua habilidade no jiu-jitsu e finalizou o veterano Clay Guida, que lutava em casa, com uma guilhotina. Já a atleta potiguar travou uma dura batalha contra a ex-campeã Carla Esparza, mas venceu a disputa na decisão dividida dos juízes.

Além dos brasileiros, outros nomes de peso estiveram em ação. Ex-desafiante ao cinturão dos pesados, Alistair Overeem foi nocauteado por Curtis Blaydes; a revelação bõsnia Mirsad Bektic bateu o ex-desafiante dos penas Ricardo Lamas e Sergio Pettis pode ter gartindo a chance pelo cinturão dos moscas ao derrotar Joseph Benavidez.

Charles do Bronx finaliza Guida e iguala recorde de Royce

Veja Também

UFC 225: Rafael dos Anjos x Colby Covington – Resultados
Rafael dos Anjos é azarão na disputa de cinturão contra Covington no UFC 225

Charles do Bronx tinha todos os fatores contra sua vitoria: substituir Boby Green com apenas 12 dias de preparação e a torcida a favor de Clay Guida, natural de Chicago. Contudo, o brasileiro foi pra cima e não deixou o norte-americano respirar.

Clay Guida foi surpreendido por Charles do Bronx, desde o primeiro momento de luta, o brasileiro trabalhou com bons chutes baixos que atrapalhavam a movimentação do norte-americano. O momento que definiu a disputa foram boas combinações de socos aplicados por Charles. Guida sentiu e tentou a queda. Com o descuido de Clay, Porém, do Bronx, encaixou uma justa guilhotina para finalizar em 2m18s de disputa.

Com a finalização o brasileiro iguala Royce Gracie no número de vitórias por finalização na história do UFC. Foram 10 atletas a dar os três tapinhas de desistência perante a Charles. A vitória leva o brasileiro a 23 triunfos na carreira de MMA que tem 32 lutas.

Ainda no octógono, Charles do Bronx pediu uma próxima luta na categoria dos penas para o UFC São Paulo no dia 22 de setembro de 2018. “quero voltar pra minha categoria e lutar na minha casa. A favela vai descer pra me ver no octógono”, disse o brasileiro.

Claudia Gadelha domina Carla Esparza e vence por decisão

Cláudia Gadelha e Carla Esparza fizerama a luta que envolve uma das maiores rivalidades entre as pesos galo feminino. O embate foi marcado duas vezes no Invicta FC, mas acabou não ocorrendo porque a brasileira se lesionou e o duelo foi cancelado. Nesta noite, porém, Chicago foi o palco para o enfrentamento das grandes “titãs” do paso palha feminino.

Desde o primeiro round a luta foi duríssima, com golpes contundentes e a brasileira tentando levar o embate para o solo para aplicar seu jiu-jitsu. Esparza mostrou que cresceu muito no esporte desde sua última luta Cynthia Calvillo.

No primeiro round Esparza conseguiu conectar um cruzado que deixou a brasieira sem reação. Claudinha ao final do primeiro tempo conseguiu encaixar uma guilhotina, mas Carla foi salva pelo gongo.

O segundo round começa com a norte-americana atacando com golpes mais contundentes. Carla acredita na vitoria e coloca Claudia contra a grade e desfere ataques fortes. A brasileira consegue coloca a luta no chão, mas Esparza consegue levantar. Ao final do round, Esparza consegue acabar a luta por cima da brasileira.

Gadelha inicia o terceiro round demonstrando cansaço e Esparza ataca buscando a vitória. A norte-americana mostra que encontrou a ‘fórmula’ para vencer Claudinha: atacar e sair. Assim, ela manteve boa parte do embate, mas tentou colocar um chute. Com o golpe, Claudia consegue segurar a perna da adversária, puxar para o solo e aplicar golpes. Carla consegue colocar a luta em pé novamente, derruba a brasileira e aplica um ground and pound.

A lutadora brasileira venceu por decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28). Ainda no octógono, após vaias a oponente, Claudia Gadelha afirmou: “essa é uma grande campeã e nao vaiem ela. Ela fez muito pela divisão (peso palha). Vencendo ou perdendo eu sempre dou show para vocês”.

Resultados do UFC 225

 

CARD PRINCIPAL

Peso médio: Robert Whittaker x Yoel Romero

Peso meio-médio: Rafael dos Anjos x Colby Covington

Peso pena: Holly Holm x Megan Anderson

Peso pesado: Andrei Arlovski x Tai Tuivasa

Peso meio-médio: Mike Jackson x CM Punk

CARD PRELIMINAR

Peso pesado: Curtis Blaydes derrota Alistair Overeem por nocaute técnico a 2m56s do R3

Peso palha: Cláudia Gadelha vence Carla Esparza na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso pena: Mirsad Bektic derrotou Ricardo Lamas na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso pesado: Chris de la Rocha derrota Rashad Coulter por nocaute técnico a 3m53s do R2

Peso meio-pesado: Anthony Smith venceu Rashad Evans por nocaute a 53 seg. do R1

Peso mosca: Sergio Pettis derrotou Joseph Benavidez na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso leve: Charles do Bronx finalizou Clay Guida com uma guilhotina a 2m18s segundos do R1

Peso pena: Dan Ige derrotou Mike Santiago por nocaut a 50 segundos do R1

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário