Yoel Romero promete processar Comissão Atlética do Estado de Illinois

O empresário de Romero afirma que a organização reduziu o tempo de perda de peso que é de duas horas para apenas uma

Romero perdeu 20% de sua bolsa e não recebeu o bônus de 50 mil dólares pela luta da noite (Foto: Jeff Bottari/UFC)

Após falhar na perda de peso na sexta-feira (08) e não disputar o cinturão dos pesos médios, Yoel Romero quer processar a Comissão Atlética do Estado de Illinois. Segundo o agente do atleta, Malki Kawa em entrevista ao programa “MMA Hour”, o lutador se sente injustiçado e vai processar o órgão.

“Nós vamos processá-los. Vou mandar a papelada em breve. Está saindo provavelmente esta semana”, afirmou Kawa.

Veja Também

Yoel Romero não bate o peso e a luta principal não é válida pelo cinturão dos médios
Vídeo: Assista à batalha entre Robert Whittaker e Yoel Romero no UFC 225

Em sua primeira tentativa de pesagem, “Soldier of God” ficou 400g acima do peso da categoria, com isso teria mais duas horas para bater os 83,9kg. Segundo a equipe do lutador, a diretora da comissão, Nancy Illg, reduziu o tempo para apenas uma hora.

A presidente da organização de Illinois teria interrompido o processo de desidratação, mesmo com a autorização dos médicos para prosseguir. Assim, Romero não conseguiu chegar ao peso e a luta não válida pelo título.

“Todo o plano era usar essas duas horas. Então, tudo o que fizemos a partir desse ponto no corte de peso foi usar essas duas horas extras que nos restavam”, explicou o empresário.

Além de não ter a chance de disputa do cinturão dos médios no UFC 225, Romero ainda perdeu 20% do valor de sua bolsa e não recebeu o bônus de 50 mil dólares pela luta da noite.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário