Michael Bisping declara que não vai pedir uma vaga no Hall da Fama do UFC

Com uma carreira extraordinária no Ultimate que teve inicio em 2006, os fãs já pedem seu lugar de destaque no UFC

M. Bisping tem um cartel com 39 lutas, sendo 30 vitorias e nove derrotas. Foto: Reprodução/Facebook UFC

A carreira do Michael Bisping no UFC teve inicio quando o lutador ganhou a terceira temporada de The Ultimate Fighter e o seu auge foi a conquista título dos médios do UFC em 2016. O lutador inglês foi um dos pioneiros do MMA em seu país. Além de sua contribuição no octógono, o ex-campeão do Ultimate é analista da Fox e comentarista da série Tuesday Night Contender. Mesmo assim, o ex-lutador afirmou que não pedir seu lugar no Hall da Fama.

Veja Também

Ex-campeão do UFC, Michael Bisping anuncia aposentadoria
Bisping analisa aposentadoria e quer luta de despedida contra Rockhold

“Não é algo que eu estou fazendo campanha ou algo parecido. Isso não é algo que você faz campanha. É embaraçoso. Cabe ao UFC reconhecer isso. Eu gostaria de pensar assim, eu coloquei o trabalho e acho que mereço isso, mas isso é para o UFC”, disse Bisping em entrevista ao site ‘MMANytt’.

Os fãs e comentaristas de MMA já estão pedindo que o Michael tenha seu lugar garantido no Hall da Fama do Ultimate. “Não é algo em que eu necessariamente tenha pensado, mas é algo que muitas pessoas me disseram”, disse o inglês sobre uma potencial introdução ao Hall da Fama do UFC.

Michael Bisping tem um cartel com 39 lutas, sendo 30 vitorias e nove derrotas. No Ultimate desde 2006, foram 29 embates, 20 triunfos e nove revezes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments