Colby Covington garante que vai lutar com Tyron Woodley em novembro em Nova York

O norte-americano confirma que o duelo acontecerá no UFC 230, no Madison Square Garden no dia 3 de novembro

C. Covington (foto) realizou sua última luta em junho no UFC 225 quando conquistou o cinturão interino dos meio-médios. Foto: Reprodução/Instagram @colbycovmma

Após conquistar o cinturão interino dos meio-médios sobre Rafael dos Anjos no UFC 225, Colby Covington voltou a desafiar o campeão linear da categoria, Tyron Woodley. Em entrevista para o site “BJPENN.COM”, o falastrão norte-americano afirmou que vai lutar com ‘T-Wood’ quando quiser, e ele decidiu que o enfrentamento será em novembro.

“A questão é que agora eu seguro as cartas. Então eu não vou me apressar para lutar quando ele quiser lutar comigo. Nós vamos lutar quando eu quiser lutar, e eu quero lutar em novembro. Esse é um bom momento para mim”, disse Covington.

Veja Também

Tyron Woodley dispara contra Covington: ‘Nunca na minha vida quis massacrar tanto alguém’
Jon Jones se disponibiliza para treinar Tyron Woodley em luta contra Colby Covington
Dana White afirma que foi surpreendido com a vitória de Colby Covington

O embate entre os rivais foi discutido pelo Ultimate para setembro ou outubro, mas Covington garantiu que não ‘voltará correndo’ para o octógono. No momento, Colby está curtindo as férias após o UFC 225 no início de junho.

Covington explicou que Woodley declinou algumas vezes de uma luta com ele, pois queria um embate que rendesse mais dinheiro. Tyron queria um duelo com Conor McGregor ou também Nate Diaz. “Mas então eles me oferecem e [ele diz] “Oh, eu preciso fazer uma cirurgia no ombro”. Então ele veio e foi embora. Ele está no TMZ fofocando sobre os Kardashians. Ele está em Hollywood com a escória liberal. Ele está tentando fazer esses papéis em filmes da lista B que vão direto para o DVD”, explicou Colby

O enfrentamento entre Covington e Woodley deve acontecer em novembro no Madison Square Garden. O UFC está programado para retornar à arena com o UFC 230 em 3 de novembro.

“Estou pressionando pelo Madison Square Garden. Então, diga ao Woodley, o Madison Square Garden. Eu diria a ele nas mídias sociais, mas ele vive em seu pequeno espaço seguro. Ele me bloqueou em todas as mídias sociais, no Instagram e no Twitter, então não posso chegar até ele e dizer-lhe Madison Square Garden. Ele está agindo duro lá fora, dizendo: ‘Oh, eu vou fazer isso com Colby. Eu vou fazer isso. Mas isso é tudo conversa, cara. Por que você está me bloqueando?”, concluiu Covington.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário