Daniel Cormier manda recado para Alexander Gustafsson: ‘Você e eu não vamos dividir o octógono de novo’

O campeão dos pesos meio-pesados e pesados mostrou-se desapontado com o lutador sueco após sua saída do card do UFC em Los Angeles ser confirmada

D. Cormier (foto) defendeu seu título contra o sueco em outubro de 2015 no UFC 192. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Alexander Gustafsson foi retirado do UFC 227 em Los Angeles no dia 04 de agosto devido a uma ‘lesão leve’. A confirmação da saída do sueco deixou o campeão dos pesos meio-pesados e pesados, Daniel Cormier decepcionado com seu antigo rival. DC foi às suas redes sociais, poucas horas depois da informação ser divulgada, e mandou recado para o ex-desafiante.

Veja Também

Com ‘lesão leve’, Alexander Gustafsson é retirado do UFC 227
Alexander Gustafsson manda recado para Daniel Cormier: ‘luta comigo ou deixa o cinturão’

“Querido Alex, não sei o que aconteceu com você voltando à situação de Rockhold. Você sempre foi um cara de pé, mas seu comportamento mudou. De chamar um cara o dia depois que ele foi nocauteado, agora se oferecendo para lutar comigo sabendo que eu tenho uma mão quebrada, depois de Volkan não poder ir. Agora você recusou Jan, recusou Khalil enquanto pedia uma luta pelo título dos pesos pesados. Agora, momentos depois de Anthony Smith fazer seu trabalho como um animal, você decide que está ferido. Cara, eu te respeito como lutador. Eu sempre serei grato por outubro de 2015, mas você e eu não compartilharemos o octógono novamente. Estou desapontado com quem você se tornou. Você tem tanto direito, cara, eu não posso lidar com pessoas delirantes. Boa sorte se recuperando. Nosso tempo passou. Vejo você nos comentários. DC @alexthemauler #wegoourseparateways”, disse Cormier.

Dear Alex, I don’t know what happened to you going back to the Rockhold situation. You have always been a stand up guy but your behavior changed. From calling a guy out the day after he got knocked out, to now offering to fight me knowing I have a broken hand, after Volkan couldn’t go. Now you’ve turned down Jan, turned down Khalil all while calling for a heavyweight title fight. Now, moments after Anthony Smith does his work like an animal you decide you’re hurt. Man, I respect you as a fighter. I will always be grateful for October 2015, but you and I won’t share the octagon again. I am disappointed in who you’ve become. You are so entitled, man, I can’t deal with delusional people. Good luck recovering. Our time has passed. See you from the commentary table. DC @alexthemauler #wegoourseparateways

Uma publicação compartilhada por Daniel “DC” Cormier (@dc_mma) em

Gustafsson, aos 31 anos, não luta desde a vitória sobre Glover Teixeira em maio de 2017 e tem apenas duas lutas desde sua derrota em decisão dividida para Cormier em outubro de 2015 no UFC 192.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments