Jędrzejczyk tieta Aldo e crava: ‘Ele é uma lenda e nós vamos voltar ao topo’

Ex-campeã peso palha fez questão de parabenizar Aldo e espera que eles voltem a ser campeões no UFC

J. Aldo e J. Jędrzejczyk após vitórias no UFC Calgary. Foto: Reprodução / Twitter ufc_brasil

José Aldo reencontrou o caminho das vitórias no UFC Calgary, realizado no último sábado (28) após sofrer duas derrotas consecutivas para o havaiano Max Holloway. Porém, pouco antes do brasileiro subir no octógono uma história parecida aconteceu. Joanna Jędrzejczyk, ex-campeã peso palha que reinou na divisão por mais de três anos, também vinha de duas perdas – as primeiras de sua carreira – para a atual campeã Rose Namajunas. A polonesa voltou a fazer uma boa apresentação e bateu Tecia Torres no show.

Veja Também

UFC Calgary: José Aldo leva susto, mas vence Stephens por nocaute e crava: ‘O campeão voltou’
Vídeo: José Aldo comemora vitória com dança do game Fortnite
Vídeo: Assista o nocaute de José Aldo sobre Jeremy Stephens no UFC Calgary
José Aldo sobre vitória diante de Stephens: ‘Uma das mais importantes de minha carreira’

Ao final do evento, com o triunfo garantido, Jędrzejczyk de parabenizar Aldo. Na sessão de fotos após, a polonesa abraçou o brasileiro e garantiu que os dois serão, novamente, campeões no Ultimate. “Ele é uma lenda, estou muito feliz porque ele não é campeão por acaso e nós dois vamos voltar ao topo, com certeza”, disse Joanna, em transição da repórter Evelyn Rodrigues.

Atualmente, José Aldo tem um carlel de 27 vitória se apenas quatro derrotas. Ele ocupa a segunda posição no ranking dos penas (até 65,7 kg.), atrás apenas de Brian Ortega e do campeão Max Holloway. O brasileiro espera a definição do futuro do campeão, já que o havaino se recupera de um grave problema de saúde. Em caso de uma eventual disputa de título interino, o ‘Campeão do Povo’ seria, possivelmente, o escolhido para encarar Ortega.

Já Joanna Jędrzejczyk vive uma situação semelhante. A polonesa tem um cartel de15 vitórias, duas derrotas e ocupa o posto de primeira colocada no ranking peso palha femininho (até 52,1). Porém, como ela já perdeu duas vezes para a campeã Rose Namajunas, ela espera por um tropeço da rival para voltar a ter uma chance pelo título.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário