Após derrota, Sonnen enaltece força de Fedor: ‘Ele me bateu forte demais’

Nocauteado por Fedor na semifinal do GP dos pesados, Sonnen foi sincero ao admitir inferioridade em relação ao russo

Sonnen admitiu superioridade de Fedor (Foto:Reprodução/Facebook Bellator)

Chael Sonnen é mundialmente conhecido por suas provocações aos adversários no período pré-luta, para promover o combate. Em contrapartida, tem a fama de ser sempre sincero em suas derrotas, dispensando eventuais desculpas ou justificativas. E foi assim mais uma vez.

Após ser nocauteado por Fedor Emelianenko no Bellator 208, no último sábado (13), em duelo que valia vaga na final do GP dos pesados, Sonnen admitiu que ficou surpreso com a força e velocidade do russo, enaltecendo a potência dos golpes sofridos.

Veja Também

Bellator: Fedor vence Sonnen por nocaute e faz final de GP contra Bader
Bellator: Bader domina Mitrione e garante vaga na final do GP de pesados

“Ele me bateu forte demais! Estou quase feliz que tenha acabado. Foi uma guerra. Eu senti que tive uma chance. Sabia que o primeiro round estava perdido, mas pensei: “Já entendi! Se eu conseguir segurá-lo no chão por mais dois rounds eu acho que tenho chance…” Mas não era para acontecer. Ele foi mais rápido do que eu imaginava. Eu sabia que ele era rápido, mas achava que era em comparação aos pesos-pesados. Não imaginava que ele era rápido de verdade. Alguns golpes eu nem vi chegando. Ele me aplicou quatro knockdowns. Eu caía, levantava e caía de novo. Mas achava que estava bem. Claro, eu senti os golpes, mas pensei em me manter por cima e deixar o round seguir em frente. O problema era que, quando estávamos próximos, ele mostrava muita rapidez. Eu lancei alguns golpes bem fortes, e talvez ele sentisse se eles entrassem. Em um determinado momento, eu estava montado, que é uma posição muito dominante, mas ele explodiu e saiu dela”, declarou o lutador norte-americano.

Com o triunfo, Fedor avançou para a grande final do GP, e agora irá disputar o cinturão contra Ryan Bader. Para Sonnen, o caminho para a vitória do ex-UFC está claro, embora as habilidades do ‘Último Imperador’ precisam ser respeitadas.

“Acho que mostrei a Ryan Bader um caminho a seguir, o que precisa ser feito para vencê-lo. Agora eu acho que sei. Talvez Fedor tenha alguma dificuldade com o wrestling, mas ele é muito forte, muito explosivo, e isso pode facilitar nas finalizações. Talvez Bader tenha visto o que é preciso fazer”, falou Chael, que completou dizendo que o ‘status de lenda’ de Fedor o causou emoções diferentes antes da luta.

“Eu me lembro da primeira vez em que encontrei Fedor emelianenko. Ele estava na fila de uma cafeteria, e eu fui para a fila, para vê-lo de perto. Foi mais ou menos como a primeira vez em que vi Royce Gracie. Eu senti o impacto. Esses caras têm algo de diferente”, concluiu.

Aos 41 anos, Chael Sonnen fez sua quarta luta no Bellator, agora com duas vitórias e duas derrotas. Sem pensar em aposentadoria, ele já adiantou que o plano é retornar aos meio-pesados e disputar o cinturão contra Ryan Bader, atual campeão da categoria até 93kg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments