Após lesão que o tirou do UFC 230, Poirier descarta cirurgia: ‘Vou me recuperar em três semanas’

Lesão no quadril que o impediu de enfrentar Nate Diaz no UFC 230 não é grave, assegurou Dustin Poirier

Poirier descartou necessidade de cirurgia após lesão no quadril (Foto:Reprodução/YoutubeUFC)

A lesão no quadril que tirou Dustin Poirier do combate contra Nate Diaz no UFC 230, dia 3 de novembro, em Nova York, foi um ‘balde de água fria’ nos fãs de MMA. A boa notícia, porém, é que o retorno do lutador norte-americano não deve demorar para acontecer, uma vez que foi descartada a necessidade de uma cirurgia no processo de recuperação.

Veja Também

Dustin Poirier se machuca e está fora da luta contra Nate Diaz no UFC 230
McGregor visa evento do UFC em estádio do Dallas Cowboy: ‘Vou fazer isso acontecer’

“Não vou ter de fazer cirurgia! Vou ficar em Los Angeles e fazer injeções de células tronco em meu quadril na segunda-feira. Depois disso vou me recuperar em três semanas. Logo poderei voltar a treinar 100%”, escreveu o próprio atleta em suas redes sociais.

O combate peso leve de Poirier contra Nate Diaz seria o segundo mais importante do card do UFC 230, que vai contar com Daniel Cormier x Derrick Lewis no duelo principal. Sem a luta até 70kg, a organização promoveu a revanche entre Chris Weidman e Luke Rockhold para co-atração principal.

Número 3 no ranking dos leves, Dustin Poirier vem embalado por três vitórias seguidas, todas por nocaute, defendendo uma invencibilidade de cinco lutas. Desde que perdeu para Michael Johnson, em setembro de 2016, o ‘Diamante’ bateu Jim Miller, Anthony Pettis, Justin Gaethje e Eddie Alvarez, com quem também teve uma luta sem resultado, em virtude de uma joelhada ilegal aplicada pelo oponente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments