Cormier crê que pode manter o título dos meio-pesados se for derrotado por Lewis

O campeão dos meio-pesados e pesados acredita que o Ultimate não vai retirar seus dois cinturões de uma vez

D. Cormier ainda detém os cinturões dos meio-pesados e pesados. Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

Daniel Cormier vai colocar em disputa o título dos pesados contra Derrick Lewis na luta principal do UFC 230, dia 3 de novembro, em Nova York (EUA). Com isso, a organização vai colocar o cinturão dos meio-pesados em jogo na luta entre Jon Jones e Alexander Gustafsson no UFC 232. Entretanto, em entrevista no Media Day no UFC Performance Institute, ‘DC’ afirmou que pode manter a cinta até 93kg, se for derrotado por ‘Black Beast’.

Veja Também

Disputa de cinturão entre Cormier x Lewis é oficializada para o UFC 230
Cormier esperava manter o cinturão dos meio-pesados: ‘fiquei muito desapontado’
Jon Jones e Gustafsson fazem revanche por cinturão no UFC 232, em dezembro

“Porque se eu perder para o Derrick, quem sou eu para dizer que não vou. Talvez isso acrescente outra parte à equação. Você não pode tirar meus dois cintos, se eu perder o cinturão dos pesados. Certo?’, disse Cormier

Após o confronto com Lewis, Daniel tem o plano de defender o cinturão dos pesados ​​contra Brock Lesnar. E assim, poder anunciar sua aposentadoria em março de 2019. No entanto, Jones também manifestou interesse de enfrentar o astro da WWE. Mesmo assim, Cormier não demonstrou estar preocupado que Jones lhe roube essa luta.

“Ao longo da minha carreira, nunca tive nada prometido para mim que não tenha sido entregue. O UFC tem sido bom para mim. E eu não me preocupo com isso. Eu sei que vou lutar contra Lesnar e não há ninguém ou qualquer coisa que possa mudar isso. Eles nunca me fizeram assim, então não há razão para acreditar que isso começaria agora”, explicou o campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário