UFC Fox 2: Sonnen vence Bisping e terá revanche contra Anderson Silva

Rashad Evans bate Phil Davis e será o próximo desafiante de Jon Jones

Chael Sonnen (dir.) derrotou Michael Bisping (esq.) e fará revanche contra Anderson Silva. Foto: Josh Hedges

Chael Sonnen provocou, apareceu na mídia com uma réplica de cinturão, mas apesar de um certo sufoco terá a aguardada revanche contra Anderson Silva. O polêmico norte-americano encarou o inglês Michael Bisping no UFC on Fox 2, evento realizado neste sábado (28), em Chicago, nos Estados Unidos, e depois três assaltos bastante disputados levou a fatura na decisão unânime dos juízes. Com o triunfo, Chael se credenciou para ser o próximo desafiante de Anderson pelo título dos pesos médios, reeditando o confronto do UFC 117. O combate deve acontecer no mês de junho, em São Paulo.

Já na luta principal da noite, Rashad Evans dominou o combate contra Phil Davis e também garantiu o triunfo na decisão dos juízes. Com o resultado, Evans será o próximo oponente de Jon Jones na disputa do cinturão de pesos meio-pesados.

O programa de lutas do UFC on Fox 2 contou ainda com dois brasileiros em ação. No card preliminar, Charles do Bronx’s estreou na divisão pesos penas em grande estilo. O lutador paulista não tomou conhecimento de Eric Wisely e encerrou a disputa com uma belíssima chave de panturrilha. Já Demian Maia não conseguiu se encontrar contra o invicto Chris Weidman e foi derrotado na decisão dos juízes.

Sonnen bate Bisping e terá revanche contra Anderson
Foi mais sofrido que o esperado, mas o polêmico Chael Sonnen terá a esperada revanche contra o brasileiro Anderson Silva. No UFC on Fox 2, o norte-americano encontrou dificuldades contra o inglês Michael Bisping, que conseguiu defender algumas tentativas de queda e complicar o combate na trocação. Depois de levar leve vantagem no primeiro assalto, Chael manteve a luta em pé no segundo round e foi acertado por bons socos do atleta britânico. Recuperado no terceiro e decisivo assalto, Sonnen partiu para a queda e derrubou Bisping. Mostrando o alto nível no wrestling, o norte-americano conseguiu estabilizar a posição e chegar a montada. Apesar de um último suspiro do inglês, Sonnen ficou com a vitória na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 29×28)

Rashad comprova superioridade e quebra invencibilidade de Davis
Se na primeira edição do UFC on Fox, a luta principal da noite durou pouco mais de um minuto com a vitória de Júnior Cigano sobre Cain Velasquez, neste sábado a história foi bem diferente. Rashad Evans e Phil Davis fizeram uma luta bastante estudada, mas sem grandes emoções para o público que acompanhou o duelo em TV aberta nos Estados Unidos.

Mais consciente durante toda a peleja, Rashad evitou as tentativas de queda do compatriota, conseguiu encurtar a distância e acertar bons golpes. No decorrer da peleja, Davis já demonstrava cansaço e acabou derrubado por Evans, que conectou bons golpes no ground and pound. Ao final de 25 minutos, Rashad Evans emplacou sua vitória de número 17 na carreira, quebrou a invencibilidade de Phil Davis e ainda garantiu a oportunidade de encarar Jon Jones pelo cinturão dos pesos meio-pesados.

Demian perde para Weidman em luta fraca
Na primeira luta do card principal, o brasileiro Demian Maia não conseguiu repetir o sucesso de seu compatriota Charles do Bronx’s. Diante de Chris Weidman, que foi convocado as pressas para o combate, o faixa-preta tupiniquim manteve o duelo na trocação diante do norte-americano, que acertava mais golpes. A história se repetiu no segundo round, com Weidman arriscando algumas quedas, apesar de não manter Maia no solo. No último round, os atletas já demonstravam bastante cansaço e o ritmo da luta caiu. Mesmo assim, Demian tentou levar a disputa para o solo, sem nenhum sucesso. Ao final de 15 minutos, Chris Weidman levou a fatura na decisão dividida dos juízes (29×28, 28×29, 29×28)

Charles na estreia nos  pesos penas com vitória
Primeiro brasileiro a subir no octógono, Charles do Bronx’s chegou na categoria de pesos penas em grande estilo. Diante de  Eric Wisely, o brasileiro começou a disputa melhor na trocação, acertando boas combinações de golpes de boxe com chutes baixos. Depois de defender um chute do norte-americano,  Charles segurou as pernas do adversário e levou a disputa para solo. De lá, acertou alguns socos por cima e partiu para o ataque na chave de joelho. Wisely até defendeu bem, mas acabou surpreendido com uma espetacular chave de panturrilha e foi forçado a desistir da peleja

Card principal:
Rashad Evans derrotou Phil Davis na decisão unânime dos juízes;
Chael Sonnen derrotou Michael Bisping na decisão unânime dos juízes
Chris Weidman derrotou Demian Maia na decisão dividida dos juízes;

Card preliminar

Evan Dunham derrotou Nik Lentz por nocaute técnico no R2.
Mike Russow derrotou John-Olav Einemo na decisão unânime dos juízes;
Charles do Bronx’s finalizou Eric Wisely com uma chave de panturrilha no R1;
Cub Swanson derrotou George Roop por nocaute no R2;
Michael Johnson derrotou Shane Roller na decisão unânime dos juízes;
Lavar Johnson derrotou Joey Beltran por nocaute no R1;
Chris Camozzi finalizou Dustin Jacoby com uma guilhotina no R3;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments