Ronaldo Jacaré reclama de promessa de disputa de título a Anderson Silva

Irritado, o brasileiro afirmou que ‘Spider’ não merece lutar pelo cinturão dos médios, pois está fora do ranking da categoria e vem de uma punição por doping

R. Jacaré chegou perto de disputar o cinturão dos médios em 2015. Foto: Reprodução/Instagram @ronaldojacare

Ronaldo Souza nocauteou Chris Weidman a 2m46s do terceiro round do evento co-principal do UFC 230, no dia 03 de novembro, em Nova York (EUA). Com a bela apresentação, o brasileiro se credenciou a ser o próximo desafiante ao título dos médios. Entretanto, o presidente do UFC Dana White anunciou recentemente que se Anderson Silva vencer Israel Adesanya no UFC 234 vai disputar o cinturão da categoria. Durante o hangout realizado pelo site Portal do Vale-Tudo, Jacaré admitiu estar irritado com promessa do comandante do Ultimate.

Veja Também

UFC 230: Jacaré vence Weidman de virada e quebra hegemonia do rival sobre os brasileiros
Weidman afirma que vitória sobre Jacaré o coloca como desafiante ao título dos médios

“Antes de lutar MMA, eu já era famoso. No meu tempo, eu lutava campeonato amazonense e me credenciava para lutar o Mundial. Se eu não ganhasse o amazonense, eu não ia lutar o Mundial, e ninguém cortava à minha frente. Agora, assim, só porque o cara tem nome e tudo… A realidade é a que o Anderson está vindo de doping, cara. O Anderson está fora do ranking, entendeu? Aí depois que sai uma m*** daquelas, que o cara pula a grade, bate no outro, faz as cagadas… Eu acho que vou começar a me dopar, começar a fazer um monte de m***, xingar todo mundo… Talvez eu lute pelo cinturão. Mas minha concepção é a seguinte: meus princípios, meus valores são inegociáveis. Se eu merecer ou não, se me der ou não [o title shot], eu não vou mudar. Eu sou assim”, disparou Ronaldo.

Além de ‘Spider’, Jacaré também não acredita que Yoel Romero e Luke Rockhold estão a sua frente na fila para uma luta pelo título da divisão.  Isso porque, ‘Soldier of God’ já perdeu duas vezes para o campeão Robert Whittaker e o ex-detentor do cinturão da categoria deveria ter enfrentado Weidman em novembro, mas se lesionou e Jacaré o substituiu.

“Romero lutou pelo cinturão e não bateu o peso. Luke ia lutar com o Chris, se machucou e não lutou. Agora como é que você vai botar esses dois para lutar (pelo título), se um não bateu o peso e outro se machucou pra lutar com o Chris? Eu estava lá, irmão! No dia da luta eu estava lá e pronto para lutar, saudável, com 39 (anos de idade). Está entendendo? Vai botar quem? Vai botar o cara que vem do doping?”, disse Jacaré.

Ronaldo Souza tem um cartel de 32 combates, 26 triunfos e seis derrotas. Jacaré chegou perto de disputar o cinturão dos médios em 2015 quando somou cinco triunfos consecutivos. No entanto na sequência o manauara foi derrotado por Romero no UFC 194 em dezembro do mesmo ano e perdeu sua chance.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments