Anderson Silva reclama da provocação de Jacaré: ‘Já bati de frente com Dana para ele disputar o cinturão’

Jacaré havia dito que não achava justo Anderson ter a chance pelo cinturão, vindo de uma suspensão por doping; Spider retruca o compatriota

A. Silva responde Jacaré (Foto: Reprodução Facebook ufc)

O clima esquentou entre os brasileiros Anderson Silva e Ronaldo Jacaré. Após o multicampeão de jiu-jitsu reclamar da chance de cinturão para o Spider, caso ele vença Israel Adesanya no UFC 234, o ex-campeão dos médios (até 84kg.) não deixou barato e criticou a postura do ex-companheiro de equipe.

Veja Também

Ronaldo Jacaré reclama de promessa de disputa de título a Anderson Silva
Presidente do Bellator fala sobre cancelamento do UFC 233: ‘Eles ficaram sem munição’
Ponzinibbio dispara contra Dos Anjos: ‘Estou pronto só esperando a confirmação da diva’

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (17), em Los Angeles (EUA), Anderson revelou surpresa pela postura de Jacaré. O Spider contou que deu suporte ao compatriota quando eles treinaram juntos na extinta X-Gum.

“Confesso que fiquei um pouco surpreso porque eu sempre dei todo o suporte pro Jacaré, inclusive quando ele chegou na academia. Eu o recebi muito bem e sempre estive do lado dele e sempre o defendi toda vez que ele lutou para que ele pudesse disputar esse cinturão. Acho que ele foi infeliz nos comentários, mas algumas coisas a gente não tem como controlar. Eu tenho controle sobre as minhas ações, sobre o que eu faço e o que eu digo. Todo mundo sabe a minha história nesse esporte e o quanto eu trabalhei duro para continuar fazendo o que eu faço. Não tenho muito o que falar sobre ele”, afirmou.

Anderson revelou que bateu de frente com seu empresário, Ed Soares, e cobrou de Dana White, presidente do UFC, para que o compatriota tivesse a chance pelo cinturão dos médios.

“Achei um pouco prematuro da parte dele, até porque eu sempre o ajudei e fui complacente, dei todas as forças que ele precisava nos treinos. Eu até comprei algumas brigas dele dentro do UFC. Ele não sabe disso. Inclusive, quando ele estava para disputar o cinturão, o Ed (Soares) – empresário de Anderson – brigou comigo porque eu bati de frente com o Dana falando que não achava justo (ele não ser o desafiante). Mas, enfim, cada um sabe o que faz e o que fala”, completou.

Entenda

A polêmica entre os pesos médios brasileiros começou quando Jacaré, terceiro colocado no ranking da categoria, reclamou da possível chance de cinturão para Anderson, caso ele vença  Adesanya. Segundo Ronaldo, o Spider, que volta de uma suspensão por doping justamente no UFC 234, não mereceria a chance pelo título. Ele chegou a dizer que ‘iria se dopar também’ para ter a oportunidade de lutar pelo cinturão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário