Dominick Cruz revela que deve ficar afastado por um ano devido à lesão no ombro

O ex-campeão dos galos explicou que sofreu uma lesão que rompeu dois ligamentos do ombro direito durante o treinamento para o UFC 233

D. Cruz não luta desde dezembro de 2016. Foto: Reprodução/Instagram @dominickcruz

Dominick Cruz estava escalado para encarar John Lineker no UFC 233, dia 26 de janeiro em Anaheim (EUA). No entanto, o ex-campeão dos galos se retirou do duelo após sofrer uma contusão. Em entrevista ao canal norte-americano da ESPN, ‘Dominator’ revelou que deve ficar afastado do octógono por um ano devido à lesão no ombro.

Veja Também

Dominick Cruz enfrenta John Lineker no UFC 233
Dominick Cruz sofre lesão e deixa confronto com John Lineker no UFC 233

“É basicamente um ACL [lesão do ligamento cruzado anterior] do ombro”, disse Dominick.

Cruz explicou que sofreu a lesão durante o treinamento para enfrentar o brasileiro e que a recuperação da cirurgia levará aproximadamente um ano.

Para Dominick as lesões sempre vêm acompanhada por uma recuperação demorada. Durante sua carreira no MMA, o ex-campeão dos galos sofreu várias vezes com esse problema. Ele chegou a ficar três anos afastado do octógono no período de entre 2011 e 2014 devido a várias contusões. Com isso, o Ultimate lhe retirou o título da categoria.

“É apenas parte da minha jornada. Essas lesões vão fazer parte do meu legado”, concluiu Cruz.

Dominick fez a sua última luta em dezembro de 2016 no UFC 207. Cruz colocou o cinturão dos galos em disputa contra Cody Garbrandt e foi derrotado por decisão unânime. Aos 33 anos, ‘Dominator’ tem um cartel de 24 combates, sendo 22 triunfos e dois reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments