Chad Mendes anuncia aposentadoria após derrota no UFC 232

O norte-americano foi nocauteado por Alex Volkanovski a 4m14s do segundo round e ganhou o bônus de 'Luta da Noite' do evento em Inglewood no sábado (29)

C. Mendes teve uma carreira de 10 anos no MMA profissional. Foto: Reprodução/Instagram @chadmendes

Chad Mendes foi nocauteado por Alex Volkanovski a 4m14s do segundo round no UFC 232. O revés no evento em Inglewood (EUA), no último sábado (29), foi o único da carreira do norte-americano. Ao final do show,  a jornalista Farah Hannoun confirmou a aposentadoria do atleta do Team Alpha Male.

Em 10 anos no MMA profissional, ‘Money’ foi desafiante ao cinturão dos penas em três oportunidades, mas perdeu para José Aldo (duas vezes) e Conor McGregor.

Veja Também

De virada, Alex Volkanovski nocauteia Chad Mendes no segundo round

“Posso confirmar que Chad Mendes decidiu de fato se aposentar. Muito surpresa ao ouvir isso. Ele ainda é um lutador de nível superior. Tudo de bom para o Chad em seus futuros empreendimentos. ‘Aldo x Mendes 2’ é uma das minhas lutas de todos os tempos. Ele tem feito parte de alguns grandes momentos neste esporte”, postou Hannoun.

Mendes recebeu  uma suspensão de dois anos após ter testado positivo para GH – hormônio do crescimento usado para hipertrofia e definição muscular – em exame fora do período de competição, no dia 17 de maio de 2016. Chad retornou ao octógono em julho deste ano e nocauteou Myles Jury no primeiro round. Com o triunfo ‘Money’ estava na quinta colocação da categoria dos penas.

Mendes encerra sua passagem nas artes marciais mistas após 10 anos. Ele tem 23 combates na carreira, sendo 18 triunfos e cinco derrotas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário