Líder da American Top Team acredita que Amanda Nunes vai manter os dois cinturões

Dan Lambert afirmou que a brasileira está pronta para entrar novamente para a história e se tornar a primeira atleta a defender dois cinturões

A. Nunes se mantém invicta desde 2014. Foto: Reprodução / Facebook ufc

Amanda Nunes nocauteou Cris Cyborg em apenas 51 segundos no evento co-principal do UFC 232. Com a vitória, a baiana conquistou o título dos penas e entrou para a história do MMA ao ser a primeira mulher a conquistar dois cinturões simultâneos. Em entrevista ao site norte-americano MMA Junkie, o chefe da American Top Team, Dan Lambert acredita que a ‘Leoa’ vai defender e manter os cinturões dos galos e penas.

Veja Também

Presidente do UFC coloca Amanda como ‘maior da história’ e garante brasileira no Hall da Fama
Amanda Nunes fatura bônus de ‘Performance da Noite’ do UFC 232

Com a conquista, Amanda entrou para o seleto grupo de atletas a serem bicampeões no Ultimate, junto com Conor McGregor e Daniel Cormier. Nenhum dos dois lutadores conseguiu defender os dois cinturões e tiveram os títulos retirados. Lambert crê que Nunes será a primeira atleta a defender e manter seu reinado.

“Sei que em algumas divisões eles têm – é impossível ser bicampeão. Como Daniel Cormier defende o título contra o melhor do mundo nos pesados e o melhor do mundo nos meios pesados ao mesmo tempo? É meio impossível. Mas nem tanto no – quero dizer, obviamente, a divisão dos pesos penas feminino nem tem ranking. Quantas lutadoras eles têm lá? Então é possível para ela (Amanda Nunes) manter os dois cinturões”, disse Dan.

Para Amanda manter os títulos, o Ultimate tem de ter vontade em realizar os confrontos. O negócio deve gerar ganho financeiro e ter interesse do público. Lambert acredita que o UFC deve manter os cinturões com Amanda e ‘casar’ os confrontos, pois a brasileira tem se consolidado como um dos astros da franquia.

“O barulho que eu ouvia enquanto ela corria naquele octógono com aqueles dois cinturões, a arena foi à loucura. Acho que o UFC vai ajudar ela. Ela melhora a cada luta que faz. Acredito que Amanda será uma campeã dominante nas duas divisões, e as pessoas gostam de dominância. Fãs gostam de lutadores dominantes, e eu amaria ver isso”, concluiu Lambert.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário