Ryan Bader projeta revanche com Lyoto Machida no futuro

Com a mudança do brasileiro para o Bellator, o norte-americano já pensa em se vingar do nocaute que sofreu em agosto de 2012 no UFC Los Angeles

R. Bader pode conquistar o segundo cinturão no Bellator. Foto: Reprodução/Instagram @ryanbader

Ryan Bader se prepara para encarar Fedor Emelianenko pelo cinturão vago dos pesados na final do GP da categoria no Bellator 214. O confronto será a luta principal do evento realizado, no dia 26 de janeiro, em Inglewood (EUA). Durante conversa com a imprensa, o norte-americano foi questionado colocaria o título dos meio-pesados em disputa contra Lyoto Machida. O campeão da divisão afirmou que quer fazer uma revanche contra o brasileiro no futuro.

Veja Também

Bellator oficializa final do GP dos pesados entre Fedor e Bader para janeiro de 2019
Bellator: Bader domina Mitrione e garante vaga na final do GP de pesados

“Eu não tinha ideia do que diabos eu estava fazendo naquela época (2012) – eu nem me lembro quantos anos foram, mas eu definitivamente gostaria de ter isso de volta e é uma grande luta. Eu estou olhando para entrar nessas grandes lutas. Eu tenho um confronto a seguir e vamos ver o que acontece, mas essa é uma luta que eu definitivamente quero”, disse Bader.

O primeiro encontro entre Bader e Machida ocorreu em agosto de 2012 no UFC Los Angeles. O brasileiro levou a melhor e venceu o norte-americano por nocaute a 1m32s do segundo round.

Nos últimos anos atletas como Phil Davis, Machida, Quinton ‘Rampage’ Jackson, Tito Ortiz e Chael Sonnen que foram destaques no UFC assinaram contrato com Bellator e competem ou competiram na divisão dos meio-pesados. Pesando nisso, Bader acredita que é uma categoria forte e não tem um favorito para ser o próximo a disputar o cinturão.

“Eu realmente não pensei muito sobre isso [o próximo rival], mas o Bellator está fazendo um ótimo trabalho atraindo esses caras de alto nível. Somos bem tratados aqui, temos oportunidade. Por exemplo, ser capaz de lutar neste Grand Prix”, contou Ryan.

Mesmo planejando o futuro, Bader está focado na vitória e conquista do segundo cinturão do Bellator sobre Emelianenko.

“Eu tenho que ir lá, vencer essa luta para ter dois cinturões e esse é o meu foco agora”, concluiu o ex-lutador do UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário