Empresário Khabib garante que o russo não luta mais em Las Vegas

Ali Abdelaziz explicou que devido à dura punição imposta pela Comissão Atlética de Nevada aos parceiros de equipe, Nurmagomedov não deve mais lutar na cidade

K. Nurmagomedov deve voltar a lutar em novembro. Foto: Reprodução/Facebook UFC

Khabib Nurmagomedov, Conor McGregor e os envolvidos na briga generalizada do UFC 229 foram julgados Comissão Atlética de Nevada (NAC), na terça-feira (29). O campeão dos leves levou uma suspensão de nove meses e uma multa de US$ 500 mil. No entanto, ‘Eagle’ ficou irritado com o gancho de um ano imposto aos seus colegas de equipe, Abubakar Nurmagomedov e Zubaira Tukhugov.

Veja Também

Khabib recebe quase R$2 mi de multa por briga com McGregor; Irlandês paga ‘apenas’ R$180 mil
Após audiência da NAC, McGregor afirma: ‘Estou ansioso para competir novamente em breve’

Em entrevista ao site do canal norte-americano ESPN, o empresário de Nurmegomedov, Ali Abdelaziz explicou que devido à dura punição imposta aos parceiros de equipe, Nurmagomedov não vai mais lutar em Las Vegas.

“Ele não luta mais em Vegas por terem dado uma punição tão dura aos seus irmãos. Ele ama MSG (Madison Square Garden). Muitos de seus fãs moram perto de lá, e Nova York sempre foi um ótimo lugar para ele. Ele sente falta de lutar em Nova York”, disse Abdelaziz.

O empresário do campeão criticou a Comissão por ter aplicado uma multa dez vezes maior para Khabib, enquanto Conor terá que pagar apenas US$ 50 mil. “Não acho que foi justo. Khabib com multa de 500 mil e Conor 50 mil? Isso é sacanagem”, disparou Ali

O campeão dos leves deve voltar a atuar no Ultimate em novembro quando seus colegas de equipe também vão estar livres para lutar. Abdelaziz contou que o desejo de Khabib é retornar ao octógono no Madison Square Garden no final do ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário