Em sua primeira luta no Nordeste, José Aldo declara: ‘Eu não a aceito derrota’

O ex-campeão dos penas garantiu que dará o seu melhor dentro do octógono no UFC Fortaleza para honrar o carinho que recebe do público nordestino

J. Aldo quer fazer suas últimas três lutas no Brasil. Foto: Reprodução/Facebook UFC

José Aldo vai enfrentar Renato Moicano no evento co-principal do UFC Fortaleza neste sábado (02). O combate será a primeira apresentação do manauara no Nordeste brasileiro. Em entrevista do site do canal combate, ‘Scarface’ afirmou que vai dar seu máximo dentro do octógono e por isso que não aceita derrota.

Veja Também

José Aldo planeja três lutas no Brasil em 2019 e pendurar as luvas no final do ano
Ultimate confirma José Aldo x Renato Moicano no UFC Fortaleza

“Eu não aceito derrota. Pode ter certeza que lá dentro vou sempre dar o meu máximo, vou sempre procurar vencer. Se você perguntar a qualquer amigo meu de treino na academia, você vai ver o quanto eu busco a vitória. Não tem esse negócio de ‘Ah, vou afrouxar um pouco’, não tem como. Essas três últimas lutas, principalmente na última luta contra o (Jeremy) Stephens, eu treinei muito, já tinha isso na minha cabeça bem antes, sempre quis treinar para chegar lá dentro e vencer. No sábado também, vai ser ainda mais, sabendo que quero finalizar a carreira com três vitórias”, falou Aldo.

Em seus 15 anos de carreira, o ex-campeão dos penas realizou suas lutas no Brasil no eixo Rio-São Paulo. Pelo Ultimate, Aldo tentou participar do UFC on Fuel TV realizado em Fortaleza em junho de 2013, mas não conseguiu.

“Eu não tive a oportunidade de estar em grandes eventos aqui. Eu tentei lutar no evento aqui em Fortaleza que o Léo venceu o TUF, não tive essa oportunidade, eu queria ter lutado no Nordeste. Eles merecem isso. Eu recebo muitas mensagens deles. Eu queria bem antes já ter lutado aqui. Mas graças a Deus agora a gente está podendo, e se eu puder dar uma rodada no Brasil, para mim seria ótimo”, disse o manauara.

Com mais três lutas em seu contrato, Aldo planeja terminar sua carreira com lutas no Brasil. O primeiro será em Fortaleza e os próximos em Curitiba e São Paulo nos meses de maio e novembro, respectivamente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário