Anderson Silva pode renovar contrato com o Ultimate após UFC 234

O brasileiro revelou que Dana White quer estender ou fazer um novo acordo para que ele continue lutando. Porém, ‘Spider’ afirmou somente que vai tomar uma decisão após combate com Adesanya

A. Silva tem mais quatro lutas no contrato. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasil

Em 13 anos no Ultimate, Anderson Silva fez 22 combates e tem mais quatro lutas em seu contrato. Porém quem pensa que aos 43 anos, o brasileiro vai pendurar as luvas logo pode estar enganado. Em entrevista ao site Ag Fight, o veterano revelou que o presidente do UFC, Dana White quer estender ou renovar seu acordo com a franquia.

Veja Também

Anderson Silva recebe carinho da torcida em treino aberto do UFC 234
Anderson Silva afirma que luta contra Adesanya ‘será um desafio interessante’

Apesar disso, Anderson afirmou que vai decidir se vai prosseguir na organização após o UFC 234. O brasileiro vai medir forças com Israel Adesanya no evento co-principal do próximo sábado (09) em Melbourne (AUS). Com uma vitória, ‘Spider’ será o próximo desafiante ao título dos médios do Ultimate.

“Tenho mais quatro lutas no contrato (além do duelo contra Adesanya). Mas o Dana conversou com a gente, queria mudar o contrato, fazer um contrato novo. A gente vai esperar a luta e ver o que vai acontecer. Acredito que sim (renovar e prolongar o contrato)“, contou Anderson.

O brasileiro tem como principal objetivo reconquistar o cinturão dos médios. Contudo, Anderson não descarta enfrentar lutadores como Conor McGregor e Georges St-Pierre.

“(Superluta) Não é uma coisa que está fora de cogitação, até porque continuo lutando na mesma categoria. Então, quando o Dana me deu essa possibilidade (pelo título), é lógico que vou aproveitar e é um desafio, então meu foco agora está no Adesanya. Quando vier essa oportunidade (de superlutas), eu não vou dizer não, é algo que me interessa sim, claro”, planejou o brasileiro.

Anderson Silva tem 43 combates em sua carreira no MMA profissional, sendo 34 vitórias, oito reveses e uma luta sem resultado. ‘Spider’ não luta desde fevereiro de 2017 no UFC 208, quando venceu Derek Brunson por decisão unânime. O brasileiro ocupa a 15ª posição no ranking dos médios do Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário