Comissão Atlética suspende King Mo por nove meses por doping

A fase não anda nada boa para Muhammad Lawal. O ex-campeão dos meio-pesados do Strikeforce, que recentemente lutou contra uma grave infecção contraída após operar o joelho, teve sua sentença para um caso de doping anunciada nesta terça-feira.

Em janeiro, Lawal venceu Lorenz Larkin por nocaute técnico no segundo round. Dias depois do combate, a Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC, na sigla em inglês) anunciou que o exame antidoping de King Mo deu positivo para o esteroide anabolizante drostanolona.

A comissão atlética votou pela suspensão de nove meses do atleta da AKA. A punição será retroativa à data da luta, ou seja, os nove meses passam a contar a partir do dia 7 de janeiro. Lawal também foi multado em 39 mil dólares, retirada de sua bolsa. Para completar a punição, a NSAC alterou o resultado do combate contra Larkin para no contest.

Depois de perder o cinturão do Strikeforce para Rafael Feijão, King Mo havia se recuperado com uma vitória sobre Roger Gracie antes de enfrentar Larkin. A organização chegou a cogitar uma revanche entre Lawal e Feijão pelo cinturão da categoria, vago desde a volta de Dan Henderson para o UFC.

Foto: Sherdog

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments