Norma Dumont assina contrato e é mais uma brasileira contratada pelo UFC

Mineira, que tem um cartel perfeito no MMA, fará parte da mesma divisão que tem Amanda Nunes como campeã e Cris Cyborg como uma das principais estrelas

Norma é a nova representante do Brasil no UFC. Foto: Reprodução / Instagram

O Brasil tem uma nova representante no Ultimate. Nesta quarta-feira (13), a mineira Norma Dumont, de 28 anos, assinou contrato com a organização e vai competir na divisão de penas (até 65,7 kg) do UFC. Ela se junta a categoria que tem Amanda Nunes como campeã e Cris Cyborg como uma das principais estrelas.

Veja Também

Belfort diz que luta com Roy Jones será tão histórica quanto Ali x Foreman
Fã agredido por McGregor quebra silêncio e fala sobre ataque do lutador

“Chegamos ao maior evento de MMA do mundo”, escreveu a lutadora em sua conta do Instagram, junto com a foto da assinatura do contrato.

Norma Dumont tem um cartel perfeito no MMA com quatro vitórias em quatro lutas. Ela debutou no esporte em setembro de 2016, fez duas lutas em 2017 e uma em 2018, todas em eventos no Brasil.

A mineira é especialista em boxe chinês, mas tem duas vitórias na carreira por finalização – ela é faixa-roxa de jiu-jítsu.

A ‘Imortal’, como é conhecida, ainda traz outra curiosidade sobre a sua ida para o UFC. Apesar de assinar para integrar o peso pena da franquia, ela não fez uma luta na divisão. A brasileira tem três lutas no peso galo (até 61,2 kg.) e uma em peso combinado de 64 kg.

Deixe seu comentário