VÍDEO: Jorge Masvidal e Leon Edwards trocam socos nos bastidores do UFC Londres

Masvidal não gostou das provocações de Edwards e interrompeu a entrevista para tirar satisfação com rival

Masvidal (dir.) parte pra cima de Edwards. Foto: Reprodução / Twitter

Jorge Masvidal calou a O2 Arena, palco do UFC Londres, ao derrotar o ídolo inglês Darren Till. Porém, o norte-americano de ascendência cubana quase teve que derrotar outro local nos bastidores do evento: Leon Edwards, que venceu a segunda luta mais importante da atração

Veja Também

Jorge Masvidal vence Darren Till por nocaute e cala a torcida inglesa no UFC Londres
VIDEO: Assista o nocaute de Jorge Masvidal sobre Darren Till no UFC Londres
UFC anuncia Michael Bisping como novo membro do ‘Hall da Fama’

A polêmica aconteceu quando Masvidal concedia entrevista à ESPN dos EUA. Neste momento, Edwards passou pelo corredor provocando o rival. O norte-americano interrompeu a resposta para a repórter e foi até o inglês com os braços para trás. Quando ele se aproximou os dois trocaram socos até serem contidos pelos seguranças do Ultimate (veja o vídeo abaixo).

UFC analisa imagens

Dave Shaw, vice-presidente internacional do Ultimate, principal dirigente da organização no UFC Londres, revelou que os promotores estão analisando as imagens e possíveis punições não estão descartadas.

“Me mostraram o vídeo nos bastidores. Não sei se (Masvidal) foi instigado. Pelo que vi no vídeo ele parece reagir a algo, são todos os detalhes que sei. Difícil comentar sobre algo que não vi. Vamos lidar com isso. Dana (White, presidente do UFC) está vendo tudo isso e vamos ver o que acontecerá”, disse.

Vídeo: Masvidal e Edwards trocam socos nos bastidores do UFC Londres

Protagonista da luta principal da noite, Jorge Masvidal quebrou a banca no UFC Londres. O norte-americano era cotado como amplo azarão diante de Darren Till, mas nocauteou o inglês, terceiro colocado no ranking dos meio-médios, no segundo round.

Já Leon Edwards, que fez a segunda luta mais importante do show, derrotou o islandês Gunnar Nelson na decisão dividida dos juízes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments