Justin Gaethje sobre luta contra Edson Barboza no UFC Filadélfia: ‘Ele é assustador’

Lutador demonstra respeito a brasileiro, mas mantém foco e confiança na vitória

E. Barboza (esq.) e J. Gaethje (dir.) vão se encontrar no dia 30 de março. Foto: Montagem SL/MMA Press

Justin Gaethje enfrenta o brasileiro Edson Barboza na luta principal do UFC Filadélfia, evento que acontece no próximo sábado (30), nos EUA. O norte-americano, conhecido pelo seu estilo agressivo a enorme resistência, não esconde a ansiedade e expectativa para a luta.

Veja Também

Donald Cerrone não acredita que aposentadoria de Conor McGregor seja real
Cain Velasquez confirma participação em evento de luta livre no México
Conor McGregor é acusado de agressão sexual na Irlanda

Em entrevista ao ‘Combate’, Gaethje mostrou que conhece o estilo de luta do brasileiro e reiterou a vontade de enfrenta-lo.

“Ele é assustador. Eu gosto muito de encarar meus medos. Vivo por isso”, disse o lutador “Desde o início, ainda acho que ele é um dos caras mais assustadores do UFC no peso leve. Eu certamente acho ele um dos melhores do mundo por round. Estou animado em testar minhas habilidades contra alguém como Edson”, disse Justin.

Apesar do respeito ao brasileiro, o norte-americano enxerga falhas no jogo de Edson. Para ele, o lutador se cansa rápido, o que seria um problema em uma luta de cinco rounds.

“Eu tento entrar e sair o mais rápido possível todas as vezes, mas as vezes que ele perdeu, foi contra pessoas que o pressionaram. E ninguém pressiona os outros como eu”, disse o lutador, que ainda provocou utilizando uma frase famosa do filme ‘Rocky IV’. “Se você quiser me vencer, é melhor estar disposto a morrer, e acho que ele não tem esse atributo necessariamente”, finalizou Gaethje.

Justin Gaethje tem 30 anos e é ex-campeão peso leve do WSF. Estreou no UFC em julho de 2017. Em seu cartel profissional o ‘Highlight’ conta com 21 lutas e 19 vitórias. Barboza, por sua vez, tem 33 anos e possui um cartel de 28 lutas e 25 vitórias.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments