Brock Lesnar encara Daniel Cormier pelo cinturão dos pesados no UFC 241, diz site

Aos 41 anos, Lesnar volta ao Ultimate já na luta pelo cinturão; Ele não vence no octógono desde 2010

Lesnar e Cormier devem se enfrentar no UFC 241. Foto: Twitter ufc

Só falta assinar. Brock Lesnar está perto de selar seu retorno ao Ultimate. O gigante deve encarar o campeão Daniel Cormier pelo cinturão dos pesados (até 120 kg.). O duelo será a atração principal do UFC 241, evento que acontece dia 17 de agosto, muito provavelmente em Las Vegas (EUA). A informação do acordo para o combate foi divulgada pela ESPN norte-americana, enquanto o dia e o evento foi apurado pela Ag. Fight.

Veja Também

Rival de Aldo do UFC 237 pede luta por cinturão interino: ‘Quero um também’
Luan Miau promete derrubar campeão do Brave no primeiro round
Com promessa de cinturão, Jacaré aceita enfrentar Jack Hermansson no UFC Fort Lauderdale

Lesnar, de 41 anos, ganhou fama nos Estados Unidos na WWE – liga de telecatch. Ele debutou no UFC em 2008 e chegou ao cinturão dos pesados no ano seguinte, no histórico UFC 100. Brock chegou a defender o título contra Shane Carwin, mas perdeu o posto de campeão diante de Cain Velasquez. O gigante deixou o show em 2011, devido a uma grave crise de diverticulite e voltou a WWE.

Lesnar ainda assinou novamente com o Ultimate para lutar em outro evento histórico: o UFC 200, em 2016. Ele chegou a bater o neozelandês Mark Hunt na atração, mas o resultado foi revertido para No Contest (sem resultado) porque o norte-americano foi pego no antidoping.

Em sua carreira, Brock Lesnar tem um cartel de cinco vitórias, três derrotas e um No Contest (sem resultado). Ele não vence desde 2010, justamente quando defendeu o cinturão dos pesados diante de Carwin.

Por sua vez, Cormier é o número um no ranking peso por peso do UFC (o primeiro entre todas as categorias). O campeão dos pesados tem um histórico profissional de 22 vitórias, uma derrota e um No Contest (sem resultado). Ele, que já era campeão dos meio-pesados, abriu mão do título e subiu aos pesados para nocautear Stipe Miocic em julho do ano passado. Daniel ainda defendeu o cinturão pela primeira vez em novembro, quando finalizou Derrick Lewis.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário