Bethe Correia dispara contra Amanda Nunes: ‘Dizem que era mais humilde’

Ex-desafiante ao cinturão peso galo do Ultimate faz críticas à atual campeã de duas categorias da organização em entrevista

B. Correia faz duras críticas à A. Nunes. Foto: Reprodução/Instagram @bethecorreia

Bethe Correia afirmou em entrevista que, nos bastidores da luta, corre o assunto de que Amanda Nunes já não é humilde como costumava ser. As declarações da lutadora foram feitas em entrevista ao podcast ‘Mundo da Luta’, no início desta semana. A peso galo (até 61,2kg.) não atua desde 2017, quando passou por uma cirurgia de urgência nos olhos.

Veja Também

Vídeo: Ex-UFC, Sage Northcutt aparece em ação como personagem de ‘Street Fighter’
Jorge Masvidal afirma que UFC prometeu chance ao título meio-médio, caso vença Ben Askren
Santiago Ponzinibbio desafia Anthony Pettis em rede social

“Vejo, tanto no mundo esportivo, como fãs, as pessoas reclamando muito da antipatia dela (Amanda). Da postura de se achar, principalmente depois de ser campeã. Dizem que era mais humilde”, comentou Bethe.

Correia ainda aproveitou o momento para exaltar a lutadora Cris Cyborg, derrotada por Nunes na disputa do cinturão das penas (até 65,7kg.) em dezembro do ano passado, no UFC232.

“Não acho a Amanda melhor do que a Cris Cyborg em absolutamente nada. Eu acho a Cris Cyborg melhor do que a Amanda em tudo. Em técnica, em postura de campeã, em ser atleta. Com o público, em lidar com o público. Fora dos treinamentos, Cyborg é uma atleta 100%” elogiou a lutadora.

Após quase dois anos afastada do octógono, Bethe voltará à ativa no UFC Rio 10, quando enfrenta a mexicana Irene Aldana na penúltima luta do card preliminar do evento, em 11 de maio.

O retrospecto da brasileira de 35 anos no Ultimate, no entanto, não é favorável à lutadora. Em seus últimos cinco embates, a ‘Pitbull’ saiu derrotada em três oportunidades; empatando uma e saindo derrotada na última, para Holly Holm, na disputa pelo cinturão da categoria.

Atualmente, Bethe figura na 12ª colocação na divisão das galos. Em seu cartel no MMA possui, ao todo, 14 lutas, sendo 10 vitórias, três derrotas e um empate.

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário