Venezuelana acusa Ronda de ter “fugido” de duelo: “Ela escolhia suas lutas”

Julianna Peña voltou a criticar a ex-campeã, afirmando que Ronda “foi criada para ser intocável”

J. Peña (foto) voltou a criticar Ronda. Foto: Getty Images

J. Peña (foto) voltou a criticar Ronda. Foto: Getty Images

Número dois no ranking do peso galo feminino, Julianna Peña não esconde seu descontentamento com Ronda Rousey. A venezuelana, que já criticou com a ex-campeã por diversas vezes, voltou a a causar polêmica ao falar sobre a rival. De acordo com a campeã do TUF 18, ‘Rowdy’ teria evitado enfrentá-la durante sua trajetória no UFC.

Veja Também

Ronda (dir.) e Mayweather (esq.) sempre foram desafetos. Foto: Produção SUPER LUTAS (Divulgação/UFC)
Desafeto, Mayweather quer que Ronda Rousey siga lutando
Ronda foi vista pela primeira vez após derrota para Amanda. (Foto: Daily Mail)
Ronda tem a casa pichada e é vista pela primeira vez após derrota
Peña (foto) vem de quatro vitórias seguidas no UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC
Peña se revolta com disputa de cinturão a Ronda: ‘Pirralha mimada’

“É um saco a Ronda ter se esquivado de mim esse tempo todo. Quando eu era do TUF, e o Dana permitiu que as mulheres entrassem no UFC, ela estava lutando contra uma adversária, enquanto eu enfrentava quatro em sete semanas. O motivo pelo qual eles não contabilizam aquelas lutas é porque seria ilegal. Seria ilegal permitir um monte de lutas em um curto espaço de tempo. O que me deixava louca é que limpei o time dela todo. Ela deveria ter tido vontade de me enfrentar em vingança a isso. O que me deixa louca foi não ter sido eu (a destroná-la). Ela se esquivou de mim o tempo inteiro. E eu não era a única capaz de destroná-la. Ela escolhia suas lutas a dedo desde o primeiro dia. O nome dela é Ronda Rousey e foi criada para ser intocável”, declarou, em entrevista para a rádio “SiriusXM”.

Aos 27 anos, Peña venceu as quatro lutas que realizou no Ultimate, a última delas sobre Cat Zíngano no UFC 200, em julho de 2016. Ela está com luta marcada contra Valentina Shevchenko no UFC on Fox 23, dia 28 de janeiro, em duelo que deve definir a próxima desafiante ao cinturão da brasileira Amanda Nunes.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário