Ricardo Carcacinha espanta pressão e estreia com vitória no UFC Houston

Braisleiro fez sua primeira luta no octógono e, em grande atuação, derrotou o japonês Michinori Tanaka na decisão unânime dos juízes

Carcacinha (dir.) derrotou M. Tanaka no UFC Houston. Foto: Jeff Bottari/UFC

Carcacinha (dir.) derrotou M. Tanaka no UFC Houston. Foto: Jeff Bottari/UFC

O brasileiro Ricardo Carcacinha estreou no Ultimate com o pé-direito. O paulista não se intimidou com sua primeira luta no octógono e derrotou o duro japonês Michinori Tanaka na decisão unânime dos juízes (29×28, 30×27 ,29×28). O combate foi atração no card preliminar do UFC Houston, evento realizado na noite deste sábado (04), nos Estados Unidos. Com o triunfo, Carcacinha, de apenas 21 anos, se tornou o braisleiro mais jovem a ter um triunfo no octógono

A luta

Veja Também

Anderson (foto) volta no UFC 208 Foto: Brandon Magnus/UFC
Aos 41, Anderson Silva pretende lutar por mais sete anos
UFC 198 foi o último evento numerado no Brasil (FOTO: Josh Hedges/Getty Images)
Ultimate voltará ao Brasil no dia 3 de junho para o UFC 212

Sem pressão pela estreia, Carcacinha começou a luta com tudo. O brasileiro pressionou Tanaka contra as grades e começou a soltar seus golpes. O japonês tentou reagir, mas com um belo golpe de encontro Ricardo levou o rival ao solo. O brasileiro foi para cima e acertou vários golpes no rival no solo, mas o atleta nipônico resistiu bravamente e conseguiu ficar de pé. Nos segundos finais, Carcacinha conseguiu acertar mais um soco e levar o rival a knockdown pelo segunda vez.

Após grande atuação do brasileiro no primeiro round, a segunda parcial foi bem mais equilibrada. Tanaka rapidamente encurtou e buscou a queda, mas foi Carcacinha que ficou por cima. Ele rapidamente passou a guarda e tentou encerrar a disputa com uma chave de braço. Mas Michinori conseguiu sair da posição e, por cima no solo, acertou ótimos golpes.

Com o ritmo intenso nas primeiras parciais, o terceiro round começou morno. O brasileiro tomava a iniciativa a caçava o japonês pelo octógono, mas sem grande contundência no ataque. O árbitro Herb Dean chegou a advertir a passividade de Tanaka, que reagiu na sequência. O atleta nipônico foi pra cima nos 15 segundos finais, derrubou o brasileiro e acertou alguns socos até o final da disputa. Mas, apesar da agressividade no final, os juízes laterais marcaram a vitória para o brasileiro Ricardo Carcacinha de forma unânime (29×28, 30×27 ,29×28).

Com o triunfo, o brasileiro somou a 10ª vitória como profissional. Ele tem ainda uma derrota. Por sua vez, o japonês, que tem um histórico profissional de 11 vitórias e três derrotas, conheceu sua segunda perda seguida no Ultimate – antes ele havia sido derrotado pelo também brasileiro Rani Yahya.

Resultados do card preliminar do UFC Houston:

Peso pesado: Curtis Blaydes derrotou Adam Milstead por nocaute técnico (lesão) a 59s do R2

Peso pena: Chas Skelly finalizou Chris Gruetzemacher com um mata-leão a 2m01s do R2;

Peso galo: Ricardo Carcacinha derrotou Michinori Tanaka na decisão unânime dos juízes (29×28, 30×27, 29×28)

Peso palha: Tecia Torres derrotou Bec Rawlings na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 30×27)

Peso meio-médio: Niko Price derrotou Alex Morono por nocaute (socos) a 5min do R2

Peso meio-pesado: Khalil Rountree derrotou Daniel Jolly por nocaute a 52s R1

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário