Charles do Bronx vence trilogia contra Nik Lentz por nocaute, no UFC Rochester

Famoso pelas finalizações, brasileiro mostra confiança na luta em pé e conquista sua quinta vitória consecutiva contra norte-americano

C. do Bronx vence Nik Lentz por nocaute no UFC Rochester. Foto: Reprodução/Facebook Ufc

O brasileiro Charles do Bronx realizou mais uma bela apresentação pelo Ultimate. Contra adversário conhecido, o peso leve (até 70,3kg.) mostrou sua evolução na luta em pé e derrotou Nik Lentz por nocaute no UFC Rochester, neste sábado (18). Após o novo triunfo, o atleta comprovou a boa fase e somou a quinta vitória seguida na organização.

Veja Também

Michel Pereira faz valer apelido de ‘Paraense Voador’ e dá show em estreia no UFC
Rafael dos Anjos é favorito contra Kevin Lee na luta principal do UFC Rochester
UFC Rochester: Rafael dos Anjos x Kevin Lee – Resultados

Não é de hoje que Charles vem mostrando sua qualidade como lutador. O atleta, que estreou no UFC em 2010, provou que está pronto para assumir uma posição melhor no ranking de sua categoria.

Esta foi a terceira vez em que os dois atletas se enfrentaram. Na primeira ocaisão, 2011, do Bronx saiu derrotado após ser desqualificado em função de uma joelhada ilegal contra o norte-americano. Os lutadores voltaram a se encontrar em 2015, no UFC Goiânia. Desta vez, o brasileiro derrotou o rival dentro de sua especialidade, a finalização.

Na noite deste sábado, muitos aguardavam a 14ª finalização de Charles dentro do Ultimate. O atleta, porém, acreditou na luta em pé e se mostrou superior a seu oponente após o nocaute.

Atualmente, aos 29 anos, Charles é o 15º da divisão dos leves e pediu para a organização uma luta contra um atleta do top 5.

“Ei, Dana (White), vamos parar de brincadeira. Vamos jogar o Do Bronx para o top 5. Estou lutando para vencer esses caras”, disse o brasileiro

A luta

Charles começou a luta desferindo alguns chutes nas pernas de Nik. O norte-americano respondeu com chutes altos, mas o brasileiro conseguiu absorver bem. Passados dois minutos de combate, Charles conseguiu conectar um bom direto no rosto do adversário. Ao tentar uma joelhada, Lentz tentou levar a luta para o chão, mas o brasileiro conseguiu controlar bem a situação. No decorrer do embate, o rosto de Nik apresentou um sangramento no olho esquerdo e o do Bronx começou a desferir mais golpes na região. Em desvantagem, o norte-americano levou a luta para o chão, especialidade mundialmente conhecida do brasileiro. O ‘dono da casa’ conseguiu retornar a luta para cima, mas não havia mais tempo.

Confiante de pé, Charles continuou usando socos e chutes para atingir Lentz. Contrariando as expectativas, Nik voltou a levar a luta para o chão e quase foi finalizado pelo brasileiro. Em um momento, Charles atingiu o adversário com um chute ilegal, o que resultou em uma breve paralisação da luta. Após advertido, o duelo retornou no chão.  Após o momento, do Bronx conseguiu se levantar e voltou a trocar socos contra o adversário.  Passados pouco mais de dois minutos, o brasileiro foi premiado por acreditar na luta em pé. Charles bloqueou um chute do norte-americano, segurando a perna do oponente e conectou um belo direto, que explodiu no rosto de Lentz.

Davi Ramos derrota Austin Hubbard e soma quarta vitória seguida no UFC

D. Ramos (foto) vence A. Hubbard por decisão unânime dos juízes. Foto: Reprodução/Facebook Ufc

O brasileiro Davi Ramos confirmou sua boa fase no Ultimate após derrotar Austin Hubbard na primeira luta do card principal do UFC Rochester. Em duelo equilibrado, o peso leve (até 70,3kg.) garantiu o favoritismo e venceu o ‘dono da casa’ na decisão unânime dos juízes.

Os atletas começaram o duelo tentando encontrar a distância para conectar o melhor golpe. Ramos atacou primeiro com um soco direto no rosto, que foi imediatamente respondido pelo norte-americano. A luta foi interrompida logo no início após Ramos acertar um chute nas partes baixas do oponente. Após o retorno, os atletas voltaram a se estudar e adotaram cautela em suas investidas. Acreditando sempre no direto de direita, Davi tentou por diversas vezes o ataque, que deixaram o rosto de Austin vermelho. O combate foi novamente parado após Ramos ser atingido por um dedo no olho. De volta à batalha, o brasileiro continuava conectando bons golpes no rosto de Hubbard, que sempre respondia bem. No último minuto do embate, Davi conseguiu uma boa queda e tentou finalizar a luta, porém, não havia mais tempo.

No segundo round, o brasileiro voltou a partir para cima do adversário. Com bons chutes baixos, o atleta conseguiu desequilibrar o norte-americano por algumas vezes. O combate permanecia tenso após os lutadores abusarem de golpes perigosos, que sempre passavam rente aos rostos. Após uma finta, Davi conseguiu chegar às costas de Austin para novamente buscar uma finalização, que é sua especialidade. Hubbard, no entanto, mostrou experiência e conseguiu se livrar da posição. Sempre caminhando para frente, Davi permanecia golpeando o adversário na tentativa de buscar uma nova queda no norte-americano. Restando pouco menos de dois minutos para o fim da etapa, o brasileiro conseguiu a queda, porém, a buzina soou sinalizando o fim do assalto.

Perdendo a luta, Austin deveria tentar sair do prejuízo na última etapa. O norte-americano, então, partiu para cima de Davi, que começou a administrar o resultado. Com cautela, o brasileiro aguardava os golpes do adversário e jogava apenas no contra-ataque. Quase na metade do combate, Ramos conseguiu conectar dois bons golpes no adversário, que sentiu. Abalado, o brasileiro novamente levou a luta para o chão e passou a desferir diversos socos no corpo de Hubbard. Após um bom momento, o árbitro solicitou que o duelo voltasse a ser disputado em pé. No fim, Davi se desequilibrou, foi ao chão e chamou o adversário para a guarda, porém, Austin não aceitou.

Resultados do UFC Rochester

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio: Rafael dos Anjos x Kevin Lee

Peso médio: Ian Heinisch derrotou Antônio Cara de Sapato na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso pena: Felicia Spencer finalizou Megan Anderson com um mata-leão 3m34s do R1

Peso meio-médio: Vicente Luque derrotou Derrick Krantz por nocaute técnico a 3m52s do R1

Peso leve: Charles do Bronx derrotou Nik Lentz por nocaute técnico a 2m11 do R2

Peso leve: Davi Ramos derrotou Austin Hubbard na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Aspen Ladd derrotou Sijara Eubanks por decisão unânime dos juízes  (30-26, 29-27, 29-28)

Peso leve: Desmond Green derrotou Charles Jourdain por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso meio-médio: Michel Pereira derrotou Danny Roberts por nocaute a 1m47s do R1

Peso pena: Grant Dawson finalizou Mike Trizano com um mata-leão a 2m27s do R2

Peso meio-pesado: Ed Herman derrotou Patrick Cummins por nocaute técnico a 3m39s do R1

Peso médio: Zak Cummings derrotou Trevin Giles por finalização aos 4m01s do R3

Peso pena: Julio Arce derrotou Julian Erosa por nocaute a 1m49s do R3

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário