Algoz de Cezar Mutante e Cara de Sapato pede luta contra Ronaldo Jacaré

Em alta no UFC, Ian Heinisch pede luta contra brasileiro para continuar escalada na divisão dos médios

I. Heinisch (foto) pede luta contra R. Jacaré. Foto: Reprodução/Instagram @ianheinischmma

O norte-americano Ian Heinisch está com muita disposição para se firmar de vez entre os melhores da categoria dos médios (até 83,9kg.). Após derrotar Antônio ‘Cara de Sapato’ no último sábado (18), pelo UFC Rochester, o atleta, em entrevista recente ao site ‘MMA Junkie’, revelou o desejo de encarar Ronaldo Jacaré ainda este ano. Heinisch revelou que quer lutar mais duas vezes em 2019.

Veja Também

Jéssica Andrade minimiza chance de nova luta contra Joanna Jedrzejczyk
Tyron Woodley revela lição aprendida com Jon Jones contra fase ruim: ‘Abraçar o caos’
Michael Bisping acredita que tempo afastado pode afetar retorno de Nate Diaz ao octógono

Eu adoraria terminar o ano com quatro vitórias em quatro lutas. Espero lutar novamente em agosto, e outra em novembro ou dezembro. Se Ronaldo Jacaré quiser uma luta, estou pronto. Podem avisar a ele que estou aqui”, disse o peso médio.

Jacaré se encontra em um momento delicado na carreira. Após ser derrotado por um atleta, até então fora do top 10 da divisão, no UFC Fort Lauderdale, em abril, o brasileiro se afastou de vez de sua tão sonhada chance pela disputa do cinturão da categoria. Recentemente, o capixaba pediu para que o Ultimate realizasse uma revanche contra Kelvin Gastelum, contra quem lutou em 2018, e perdeu em decisão polêmica dos juízes.

Após derrotar ‘Cara de Sapato’, Ian, que realizou sua estreia no UFC em novembro do ano passado, saltou para a 11ª colocação no ranking da categoria. Ronaldo, por sua vez, após seu último reves, caiu para sexto.

Além do desafio a Jacaré, Heinisch também comentou sobre as recentes críticas feitas por parte de Antônio sobre sua performance contra o brasileiro. Na ocasião, ‘Cara de Sapato’ afirmou ter sido vítima de uma cabeçada ilegal, além de acusar o adversário de ter segurado na grade em duas oportunidades, o que foi ignorado pelo árbitro da luta, Todd Anderson.

“Ele (Antônio) estava quebrado mentalmente. Nós demos uma cabeçada acidental e ele queria que o árbitro parasse a luta. O árbitro não viu nada”, indagou o norte-americano. “Ele pode reclamar do que quiser, mas o fato é que a cabeça dele já tinha ido para o espaço. Ele pode acreditar no que quiser, mas eu tinha um objetivo e não era uma cabeçada que me impediria de realizá-lo. Se ele tem questões mentais, o problema é dele”, finalizou o atleta.

Atualmente, Ian possui apenas duas lutas pelo Ultimate. O peso médio, no entanto, já goza de certo prestígio com o presidente da companhia, Dana White. Heinisch compôs o grupo de lutadores que participaram da 15ª edição do reality show comandado pelo mandatário, ‘Dana White’s Contender Series’, e foi convidado pessoalmente a elencar a lista de atletas oficiais do UFC.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário