Luis Japa comemora vitória na PFL e mira próximo oponente para avançar no GP: ‘Posso vencer qualquer um’

Catarinense venceu por nocaute em sua estreia e anotou 6 pontos no torneio que vale um milhão de dólares

Luis Japa avança no GP do PFL. Foto: Divulgação

A estreia de Luis Rafael Laurentino, o Japa, no torneio dos penas da Professional Fighters League (PFL) não poderia ter sido melhor. Mesmo tendo seu adversário trocado um dia antes da luta, já que seu oponente Alexandre “Capitão” Almeida teve problemas com a balança, ele conseguiu uma vitória espetacular ao nocautear em apenas 23 segundos de luta o canadense Jeremy Kennedy no evento realizado na última quinta-feira, dia 23 de maio, em Nova Iorque. O catarinense, que agora possuiu 34 vitórias no cartel e apenas uma derrota, comemorou o triunfo e desdenhou de quem duvidava do seu potencial.

Veja Também

Alex Cowboy se apresenta à polícia e declara inocência após denúncia de agressão à ex-esposa
Johnny Walker volta a surpreender e bate recorde de potência em Instituto de Performance do UFC

“Minha estreia foi melhor do que eu imaginava. Quando eu cheguei no evento, muitas pessoas ainda me subestimavam por conta do meu cartel. Então, eu não queria apenas vencer essa luta, queria mostrar que eles estavam errados. E, de um dia para o outro, consegui mudar o pensamento de muita gente a meu respeito com essa vitória. Não que eu ligue muito para o que os outros pensam, mas gostei de ver como eles passaram a me olhar diferente após a minha vitória”, disse o atleta da Astra Fight Team.

A vitória de Japa o coloca bem próximo dos playoffs. Além dos três pontos pela vitória, ele somou mais três por ter conseguido o nocaute ainda no primeiro round. No sistema da PFL, dos 12 atletas que participam do GP, os oito melhores da primeira fase avançam para os playoffs. Como os outros concorrentes ao prêmio de um milhão de dólares atuaram na mesma noite, Japa aproveitou para analisá-los e apontou quem ele gostaria de enfrentar na próxima luta.

“Eu tive a oportunidade de ver cada um deles lutando de perto e, sinceramente, senti que posso vencer qualquer um deles. O único que não pude analisar direito, e foi o único que me chamou mais atenção, foi o russo que nocauteou com uma joelhada voadora em apenas 10 segundos de luta. Mas para a minha próxima luta eu quero pegar alguém que venha de vitória. Um nome que seria muito interessante para mim é o Andre Harrison, pois ele já lutou na temporada passada, é bem conhecido e vem de vitória”, concluiu Japa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário