Johnny Walker volta a surpreender e bate recorde de potência em Instituto de Performance do UFC

Novo fenômeno do Ultimate superou os números de ex-ciclista profissional e conquistou feito nunca realizado por qualquer atleta do Ultimate

J. Walker bate recorde de potência em instituto do UFC. Foto: Reprodução/YouTube Ufc

O brasileiro Johnny Walker voltou a ser notícia no mundo das artes marciais. O meio-pesado (até 93kg.) do UFC esteve em Las Vegas (EUA) para participar de um teste de desempenho e surpreendeu a todos ao quebrar o recorde de potência marcando 2.000 watts em um tiro de 10 segundos. O vídeo da performance foi divulgado pelo canal oficial do Ultimate na última semana. Com o feito, o atleta foi parabenizado pelos especialistas presentes no local.

Veja Também

Neiman Gracie enfrenta Rory MacDonald na luta principal do Bellator 222
Campeão do Bellator, Patrício Pitbull garante que derrotaria Max Holloway
Aos 40 anos, Urijah Faber deixa aposentadoria e confirma retorno para o UFC

“Parabéns, Johnny. É um novo recorde estabelecido. Foram quase 2000 watts de potência (em 10 segundos). O recorde antigo era de 1978 watts. Isso é insano”, comentou Roman Fomin, Diretor de Esporte e Ciência do Ultimate.

O melhor desempenho alcançado no mesmo teste pertencia ao próprio Roman, que, construiu uma carreira como ciclista profissional e, hoje, trabalha para o UFC. Nenhum atleta de nenhuma categoria havia conquistado um resultado tão expressivo.

A avaliação consiste em sujeitar o atleta a pedalar em seu ritmo mais forte durante 10 segundos sobre uma bicicleta ergométrica. Após o tempo proposto, é divulgada a potência conquistada para análise.

Em entrevista concedida após o teste, Walker ainda ressaltou que não está no auge de sua forma física, pois se recupera de uma lesão sofrida após uma queda de mau jeito ao comemorar seu último triunfo contra Misha Curkunov, em março deste ano.

“Eu estou há três meses sem treinar direito e eu fiz um teste na bicicleta que eu nunca tinha feito antes. E, mesmo sem o condicionamento estar 100%, eu bati o recorde da galera aqui, de todas as divisões, de todos os pesos, o melhor foi o meu. De explosão. Acho que eu sou explosivo”, comentou o lutador.

O brasileiro ainda brincou com sua conquista, afirmando que já havia percebido sua capacidade de recuperação e ainda disse que pretende bater seu próprio recorde em uma outra oportunidade.

“Eu sabia que tinha uma explosão e uma recuperação muito boa. Eu sempre senti isso nos treinos. Mas agora, com todos esses testes de alta performance e com toda essa tecnologia, eu mostrei do que sou capaz e aonde eu posso chegar. Eu quero bater o meu próprio recorde na próxima vez”, afirmou Johnny.

Apesar da confiança, Walker realizou apenas três lutas pelo Ultimate. No entanto, após três vitórias arrasadoras por nocaute, o fluminense tem enchido os olhos, tanto de atletas, quanto da diretoria. Em entrevista recente, Johnny confirmou que pretende realizar uma luta contra o atual campeão da divisão, Jon Jones, ainda este ano.

Atualmente, o fenômeno possui 27 anos, e, em seu cartel profissional, já soma 20 lutas, vencendo 17 e sofrendo três reveses.

Assista ao vídeo da performance de Johnny Walker

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário