Léo Santos mostra empolgação para retorno ao UFC neste sábado

Brasileiro mostra felicidade ao voltar a lutar após quase três anos de inatividade; aos 39 anos, atleta encara Stevie Ray no UFC Estocolmo

L. Santos (foto) retorna ao Ultimate no UFC Estocolmo. Foto: Reprodução/Instagram @leosantosjj

O peso leve Léo Santos não esconde sua alegria ao voltar a realizar uma luta profissional após ficar afastado por mais de dois anos dos octógonos. Em entrevista recente ao ‘Combate’, o atleta revelou sua expectativa para a luta no próximo sábado (1), no UFC Estocolmo (Suécia). O lutador realiza a quinta luta do card preliminar contra o escocês Stevie Ray.

Veja Também

Yoel Romero vence na justiça e fatura mais de R$100 milhões sobre empresa de suplementos
Luis Japa comemora vitória na PFL e mira próximo oponente para avançar no GP: ‘Posso vencer qualquer um’
Alex Cowboy se apresenta à polícia e declara inocência após denúncia de agressão à ex-esposa

“Acho que o maior desafio é contra mim mesmo. É o retorno. Conter a ansiedade, a vontade de vencer; aquela coisa absurda, não deixar atrapalhar. A emoção de estar de volta. Maior desafio será esse, não será meu adversário, não”, confessou Léo.

Mesmo com a preocupação sobre a ansiedade do retorno, o brasileiro mostrou respeito e conhecimento sobre seu próximo adversário, que é ex-campeão  peso leve do Cage Warriors (CWFC).

“Com todo respeito, é um cara tarimbado, já pegou adversários muito duros, mas o maior desafio vai ser esse. Se conseguir entrar focado, centrado no que treinei, acho que vai dar tudo certo”, disse Santos.

Durante seu período afastado, Léo teve de conviver com duas lesões sérias, porém, segundo o lutador, dois anos foram tempo suficiente para ele poder aproveitar sua família e se aprimorar ainda mais como pai e lutador.

“Minha família é tudo. Realmente me aturou nas horas de mau humor, me apoiou nas horas que precisou, não tenho nem o que falar. Curti um pouco mais meu filho, tive mais tempo para isso. Apesar de passar aquele tempo ruim, não deixei transparecer para ele, estava sempre do lado dele”, finalizou o peso leve.

Léo Santos atuou pela última vez em outubro de 2010, quando derrotou o compatriota Adriano Martins em decisão dividida dos juízes pelo UFC 204, em Manchester (Inglaterra). O atleta realizou sua primeira luta pelo Ultimate em 2013, em embate contra William Patolino, na final do TUF (The Ultimate Fighter) Brasil II. Na ocasião, o carioca venceu o adversário por finalização no segundo round.

Desde então, Santos realizou cinco lutas pela organização, nunca sendo derrotado, apesar de ter um empate decretado em seu combate contra o norte-irlandês Norman Parke, em 2014. Ao todo, o brasileiro soma em seu cartel profissional de MMA 19 lutas, 15 vitórias, um empate e apenas três derrotas.

Programa de lutas do UFC Estocolmo

CARD PRINCIPAL (14h, horário de Brasília):

Peso meio-pesado: Alexander Gustafsson x Anthony Smith
Peso meio-pesado: Jimi Manuwa x Aleksandar Rakic
Peso pena: Makwan Amirkhani x Chris Fishgold
Peso leve: Damir Hadzovic x Christos Giagos
Peso pena: Daniel Teymur x Sung Bin Jo

CARD PRELIMINAR (11h, horário de Brasília):

Peso meio-médio: Sergey Khandozhko x Rostem Akman
Peso galo: Tonya Evinger x Lina Lansberg
Peso leve: Stevie Ray x Léo Santos
Peso leve: Nick Hein x Frank Camacho
Peso galo: Bea Malecki x Duda Cowboyzinha
Peso meio-pesado: Darko Stosic x Devin Clark
Peso leve: Joel Alvarez x Danilo Belluardo

 

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário