Brasileira Sarah Frota é inserida no card do UFC 240 e enfrenta Gillian Robertson

Após estreia com derrota no UFC Fortaleza, atleta se junta a mais três compatriotas em evento que acontece no Canadá, em julho

S. Frota é escalada para lutar no UFC 240. Foto: Reprodução/ Instagram @atretaufc

A brasileira Sarah Frota terá a chance de se recuperar da derrota sofrida para a compatriota Livinha Souza em sua estreia pelo Ultimate, em Fortaleza, em fevereiro deste ano. O UFC confirmou em seu site oficial, na última terça-feira (28), o duelo entre a brasiliense e a canadense Gillian Robertson pelo UFC 240, no dia 27 de julho. Após o anúncio, Frota se juntará a Alexandre Pantoja, Jussier Formiga e Viviane Araújo no card que acontece no Canadá.

Veja Também

Léo Santos mostra empolgação para retorno ao UFC neste sábado
Yoel Romero vence na justiça e fatura mais de R$100 milhões sobre empresa de suplementos
Luis Japa comemora vitória na PFL e mira próximo oponente para avançar no GP: ‘Posso vencer qualquer um’

Sarah Frota chegou ao UFC com status de grande promessa na nova organização. Após conquistar um cartel de nove vitórias consecutivas, a peso palha (até 52,1kg.) assinou um contrato com o Ultimate e realizou sua estreia contra a compatriota Livinha Souza, no UFC Fortaleza, em fevereiro. Após um duelo equilibrado de três rounds, Sarah saiu derrotada em decisão dividida dos juízes.

Resta, agora, à brasileira de 32 anos buscar a recuperação ao enfrentar uma adversária mais jovem e que vem de vitória na companhia. Gillian Robertson, 24, estreou pelo Ultimate em 2017, quando derrotou a norte-americana Emily Whitmire por finalização no primeiro round. Após o compromisso, a canadense atuou por mais três vezes, sendo derrotada em uma e vencendo outras duas; a última, em fevereiro, na República Checa, contra a venezuelana Veronica Macedo.

Mais brasileiros no card

Com a adição de Frota, o UFC 240 contará, até o momento, com quatro representantes do Brasil. Entre eles, dois disputarão uma luta entre si. Os pesos moscas (até 56,7kg.) Jussier Formiga e Alexandre Pantoja disputarão um duelo direto entre o primeiro e o terceiro do ranking da divisão. A categoria passa por um momento de instabilidade no Ultimate, com a possibilidade de ser encerrada caso o atual campeão, Henry Cejudo, vença o duelo contra o brasileiro Marlon Moraes pelo título da categoria dos galos (até 61,2kg.), vago por TJ Dillashaw em março após o caso de doping envolvendo o atleta.

Outra atleta tupiniquim escalada para viajar à Edmonton (Canadá) é Viviane Araújo, que causou uma ótima impressão aos fãs e diretoria do UFC ao estrear com vitória na companhia pelo UFC 237, no Rio de Janeiro, no último dia 11, após aceitar uma luta contra Talita Bernardo apenas quatro dias que antecediam o evento. A brasileira enfrentará a experiente Alexis Davis, aos 34 anos, soma 25 lutas profissionais, com 18 vitórias e sete derrotas. ‘Vivi’, por sua vez, possui oito lutas, sete vitórias e apenas uma derrota.

A luta principal do UFC 240 representará a disputa de cinturão entre Max Holloway e Frankie Edgar, pelos penas (até 65,7kg.) da organização.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário