Com público a seu favor, Marlon Moraes provoca Henry Cejudo: ‘Ninguém gosta dele’

Brasileiro tem recepção calorosa em sua chegada à Chicago e afirma que norte-americanos não apreciam o atual campeão dos moscas

M. Moraes (dir.) diz que público não gosta de H. Cejudo (esq.). Foto: Reprodução/YouTube MMA Fighting

Ao que parece, Marlon Moraes terá um apoio a mais em na sua disputa de cinturão deste sábado (8), pelo UFC 238, em Chicago (EUA): a plateia. Segundo o atleta, o público não se simpatiza com o atual campeão dos moscas (até 56,7kg.) com quem dividirá o octógono na luta principal do evento. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o brasileiro falou sobre o carinho dos fãs e conversou sobre seu adversário.

Veja Também

Noiva de Amanda Nunes, Nina Ansaroff sonha levar mais um cinturão para casa
Donald Cerrone comenta duelo contra Tony Ferguson: ‘Não dá para prever o que vai acontecer’
Pedro Munhoz aposta em vitória de Marlon sobre Cejudo e mira duelo contra compatriota:’ Seria uma grande promoção’

“É fácil ter o apoio do público quando você está enfrentando Henry Cejudo. É isso, parece que ninguém gosta dele”, provocou o atleta de Nova Friburgo (RJ).

Contudo, recentemente, Cejudo afirmou estar ciente de que parte dos fãs de MMA o rejeitam como atleta e como campeão. No entanto, o lutador afirmou que trabalha muito para que seu nome passe a figurar entre os grandes do esporte. Para isso, segundo Henry, ele deve permanecer vencendo.

Mesmo não aprovando o estilo do campeão dos moscas, Moraes sempre mostra respeito ao falar sobre as habilidades de seu próximo adversário. Para o friburguense, Cejudo é perigoso e exige um grau de atenção máximo durante todos os momentos do combate.

“Ele é um wrestler incrível. Ele vem melhorando a cada luta e mostrou isso em suas últimas duas apresentações. Seu jogo em pé também está muito melhor”, elogiou Marlon.

Nesta semana, o norte-americano afirmou que possui todas as armas necessárias para anular qualquer estratégia do brasileiro. Para o atleta, Moraes enfrentou apenas lutadores, mas nunca um competidor. Questionado sobre as declarações do oponente, o brasileiro minimizou a situação.

“Ele não está entrando na minha mente. Eu venho sendo construído para esse momento durante muito tempo. Ele não está na minha mente. Ele está errado se pensa dessa forma. Eu vou ser frio como sempre fui.

Sobre sua opinião sobre a previsão para o duelo deste sábado, o brasileiro não pestanejou.

“Eu vou me apresentar melhor do que nunca neste sábado. Eu vou ser o novo campeão”.

Os atletas se enfrentam na luta principal do UFC 238 em disputa pelo cinturão dos galos, vago por TJ Dillashaw em março deste ano, após o atleta ter sido flagrado em um exame antidoping.

Atualmente, Marlon, de 31 anos, vem de quatro grandes vitórias na carreira. No total, o atleta atuou por 28 vezes, somando 22 vitórias, cinco derrotas e um empate.

Cejudo, de 32, possui menos experiência no MMA. Ao todo, o atleta disputou 15 lutas, com 13 triunfos e dois reveses.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário